Seguir o O MINHO

Braga

Requalificação da Variante da Encosta em Braga começa na segunda-feira

Investimento de três milhões

em

Foto: Google Maps

As obras da primeira fase da requalificação da Variante da Encosta, que faz a ligação à Universidade do Minho, em Braga, começam na segunda-feira e prolongam-se por cerca de três meses, divulgou hoje a autarquia.

Em comunicado, a Câmara de Braga esclarece que a primeira fase dos trabalhos incide “no troço compreendido entre a entrada Sul da Universidade do Minho (rotunda) e o entroncamento da Avenida dos Lusíadas com a Avenida D. João II”.

A circulação automóvel naquele troço vai estar condicionada durante a intervenção, que tem um prazo de execução previsto de 90 dias, acrescenta o município.

Planta da requalificação da Variante da Encosta em Braga

Estes trabalhos inserem-se no projeto de “reabilitação integral da Variante da Encosta, no eixo formado pelas Avenidas D. João II, Alfredo Barros e dos Lusíadas, bem como a sua ligação até à Universidade do Minho”, descreve.

A obra completa tem o prazo de execução “de um ano”, dividida por cinco fases de intervenção, “entre a rotunda de acesso à UMinho e a rotunda de ligação à EN 309 (estrada da Falperra).

O investimento, de três milhões de euros, é financiado pelo Programa Operacional Regional do Norte – NORTE 2020.

A Câmara esclarece que a intervenção pretende “melhorar as condições de circulação dos peões, com a criação de novas passadeiras, reformulação do desenho das rotundas.

A isto, somam-se “medidas de acalmia de tráfego com vista à humanização do espaço público, redução da primazia do automóvel e promoção dos modos suaves”.

Populares