Seguir o O MINHO

Cávado

Região do Cávado é a que tem maior esperança de vida em Portugal

Segundo o INE

em

Foto: DR / Arquivo

A esperança de vida à nascença em Portugal aumentou para 80,93 anos para o total da população, sendo de 77,95 anos para os homens e de 83,51 anos para as mulheres no triénio 2017-2019, segundo estimativas hoje divulgadas.


A região do Cávado, que compreende os concelhos de Amares, Barcelos, Braga, Esposende, Terras de Bouro e Vila Verde, apresentou as maiores esperanças de vida à nascença.

“Estes resultados significam um aumento de 1,78 anos e de 1,32 anos, respetivamente, em relação aos valores estimados para 2008-2010”, segundo as Tábuas de Mortalidade em Portugal divulgadas pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

A esperança de vida à nascença continua a ser superior para as mulheres, mas a diferença para os homens tem vindo a diminuir, sendo agora de 5,56 anos (tinha sido 6,02 em 2008-2010).

Nos últimos nove anos registaram-se melhorias na esperança de vida à nascença em todas as regiões, mas o maior aumento ocorreu na Região Autónoma da Madeira, onde a esperança de vida à nascença passou de 76,13 anos para 78,36 anos, o que significa que as pessoas podem esperar viver à nascença, em média, mais 2,23 anos do que em 2008-2010.

Hospital de Braga triplica capacidade de testagem e aumenta camas

As maiores diferenças de longevidade entre homens e mulheres observaram-se nas Regiões Autónomas da Madeira e dos Açores e as menores na Área Metropolitana de Lisboa, adiantam os dados do INE.

Por região NUTS (Nomenclatura de Unidades Territoriais para fins estatísticos) II, foi no Norte que se verificaram os valores mais elevados para a esperança de vida à nascença, para o total da população (81,33 anos) e para homens (78,44 anos), e no Centro para mulheres (83,87).

Por região NUTS III, as maiores esperanças de vida à nascença foram observadas no Cávado (81,96 anos), na Região de Coimbra (81,58 anos) e em Viseu Dão-Lafões e na Região de Leiria (ambas com 81,45 anos).

Segundo o INE, a esperança de vida aos 65 anos atingiu 19,61 anos para o total da população, no triénio 2017-2019. Os homens com esta idade podem esperar viver, em média, mais 17,70 anos e as mulheres mais 21 anos, o que representa um ganho de 0,96 e de 0,97 anos, respetivamente, em relação a 2008-2010.

Covid-19: Portugal com “tendência preocupante” mas risco “moderado”

A diferença entre a longevidade aos 65 anos de homens e mulheres em 2017-2019 foi 3,30 anos, precisam os dados.

Por região NUTS II, os valores mais elevados de esperança de vida aos 65 anos verificaram-se na Área Metropolitana de Lisboa, tanto para homens (18,00 anos) como para mulheres (21,48 anos).

A nível de região NUTS III, as populações que apresentaram a maior longevidade aos 65 anos foram as residentes nas regiões Região de Coimbra (20,27 anos), Terras de Trás-os-Montes (20,22 anos) e Região de Leiria (20,13 anos)

Na construção das tábuas completas de mortalidade para Portugal os quocientes de mortalidade são estimados com base nos dados de óbitos observados em três anos consecutivos e na estimativa da respetiva população exposta ao risco de óbito.

Anúncio

Cávado

Presidente da Câmara de Esposende já recuperou da covid-19

Covid-19

em

Foto: DR

O presidente da Câmara de Esposende já estará recuperado da infeção por covid-19 que o afastou do trabalho presencial da autarquia ao longo das duas últimas semanas.

Em texto publicado nas redes sociais, Benjamim Pereira explica que, na passada sexta-feira, toda a família recebeu alta do isolamento obrigatório decretado pelo delegado de saúde do ACES.

“Quero, em primeiro lugar, agradecer a todos aqueles que, por parte das autoridades de saúde, fizeram o trabalho de acompanhamento, pois foram sempre muito profissionais e diligentes. Em segundo lugar, quero agradecer a todos pelo apoio que nos deram e pelas palavras de incentivo. Tal como já tive oportunidade de dizer, fiquei verdadeiramente sensibilizado com as inúmeras manifestações de apoio. Isso ajudou-nos muito a ultrapassar este momento menos bom”, disse.

Benjamim Pereira deixa ainda uma palavra a “todos aqueles que se encontram em recuperação” para que essa seja “rápida e sem sobressaltos”.

Recorde-se que o autarca sentiu a temperatura “anormalmente elevada” no passado dia 11 de outubro. Isolou-se, e no dia 13 recebeu o resultado positivo ao coronavírus.

Desde então, esteve a trabalhar a partir de casa.

Continuar a ler

Cávado

Delegado de saúde manda fechar sala de creche em Esposende

Covid-19

em

Foto: DR

A sala das crianças de dois anos da creche do Centro Social e Paroquial de Curvos, em Esposende, vai encerrar durante os próximos dias a mando da autoridade de saúde, depois de um caso de infeção por covid-19 ter sido detetado na instituição.

Em comunicado publicado na página daquele centro, a coordenadora geral, Ana Bernardina Correia informa que uma funcionária daquela cresce testou positivo ao novo coronavírus.

“Apesar de terem sido tomadas as devidas medidas de prevenção necessárias, e após contacto com as autoridades de Saúde (Delegado de Saúde), recebemos indicação para encerramento da sala dos 2 anos”, escreve a diretora.

A responsável apela aos pais e encarregados de educação para contactarem a linha SNS 24 caso surja algum sintoma.

Mais informa que as restantes respostas sociais da instituição continuam a decorrer com “a devida normalidade”.

Continuar a ler

Barcelos

Choque frontal em Barcelos faz um morto

Óbito

em

Foto: Cidade Hoje

Um homem, com cerca de 40 anos, morreu este sábado na sequência de um choque frontal em Barcelos, disse a O MINHO fonte do CDOS de Braga.

Ao que apurámos, o acidente ocorreu num caminho junto à pista de autocross de Chorente.

No local estão os Bombeiros de Barcelinhos e de Viatodos, apoiados pelo INEM.

A GNR também está no local.

Continuar a ler

Populares