Seguir o O MINHO
[the_ad id='438601']

Braga

Quadrilátero Urbano quer cidadãos a discutir o território

em

Promover uma maior participação dos cidadãos na elaboração das políticas públicas é um dos objetivos do Futurium, uma plataforma online apresentada esta sexta-feira, na Universidade do Minho, no âmbito de um encontro promovido pelo Quadrilátero Urbano.

Para o presidente do Conselho Executivo do Quadrilátero, Ricardo Rio, esta é uma plataforma que irá potenciar o trabalho que esta organização intermunicipal tem vindo a realizar em matéria de participação dos seus cidadãos.

“Braga e o Quadrilátero em geral são um bom exemplo de um território onde tem existido uma cultura de participação intensa e que, com este tipo de projetos, poderá ser ainda mais potenciado”, salientou o autarca bracarense.

Criada pela Comissão Europeia, a plataforma combina o carácter informal das redes sociais com a evidência dos dados, no sentido de envolver os atores sociais na formação de cenários futuros e na concepção de políticas adequadas.

Segundo Ricardo Rio, o Futurium poderá ser implementado no Quadrilátero depois de conhecidas as formas de operacionalização.

“Queremos abrir algumas temáticas para debate dentro daquelas que são as prioridades estratégicas do Quadrilátero, nomeadamente a componente cultural, a mobilidade, a competitividade do território e a ligação dos centros de conhecimento e o tecido empresarial, e, em cada uma dessas matérias, desenvolver tópicos para discussão que possam contar com a colaboração dos cidadãos e das instituições”, explicou.

160O Futurium visa responder à crescente vontade de uma maior participação cidadã na elaboração de políticas públicas. A sua abordagem estruturada à co-criação e síntese de conteúdo permite simplificar um processo que, noutro caso, seria complexo e dispendioso.

O conteúdo gerado nas sessões presenciais segue a mesma estrutura do conteúdo do Futurium (visões, políticas,…), podendo assim ser facilmente integrado na plataforma online.

logo Facebook Fique a par das Notícias de Braga. Siga O MINHO no Facebook. Clique aqui

Populares