Redes Sociais

“Público do Norte comportou-se de forma ordeira”

Desporto

“Público do Norte comportou-se de forma ordeira”

O presidente da Câmara de Fafe disse hoje que “o público do Norte” soube “comportar-se de forma ordeira” ao assistir, no concelho, em grande número, ao último troço do Rali de Portugal.

“O público nortenho sabe estar e deu aqui o exemplo de que consegue estar com a dignidade que lhe era exigida”, afirmou Raul Cunha, quando assistia à prova.

Dezenas de milhares de pessoas, ordeiramente concentradas nas zonas espetáculo, receberam em Fafe o regresso de uma prova que já não percorria oficialmente aquele troço desde 2001.

Os maiores aglomerados de pessoas localizavam-se, como é tradição, na zona do Confurco e no salto que antecedia a meta, locais aproveitados pelos aficionados para tirar inúmeras fotografias aos automóveis do Mundial de ralis.

Entre a multidão em delírio à passagem das máquinas do WRC, encontravam-se muitos estrangeiros, destacando-se os espanhóis e britânicos.

Raul Cunha recordou que, durante vários anos, “muita gente” usou o argumento do comportamento dos espectadores para o rali não regressar ao Norte, uma ideia que, frisou, ficou agora contrariada.

“Correu bem. O público tem-se comportado de forma ordeira e respeitado as orientações”, insistiu, frisando que a presença de muitos espetadores, como hoje aconteceu em Fafe, é importante para a competição, para os pilotos e para as marcas.

Clique para comentar

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Mais Desporto