Seguir o O MINHO

Braga

PSP prepara “dispositivo adequado” para protesto dos “coletes amarelos”

A PSP já se reuniu com os promotores das iniciativas previstas para Braga e Porto.

em

Imagem do grupo de Facebook "Vamos Parar Portugal Como Forma De Protesto - Braga". Foto: DR

A PSP já está a preparar um “dispositivo adequado” para sexta-feira, dia em que se preveem manifestações em vários locais sob o lema “Vamos parar Portugal como forma de protesto”, e apela ao respeito pela lei.

Num comunicado hoje divulgado, a direção nacional da PSP garante que “adotará um dispositivo de segurança adequado” e lembra que os promotores do movimento “coletes amarelos” têm de comunicar aos presidentes das câmaras municipais, por escrito e com a antecedência mínima de dois dias úteis, a intenção de realizar a manifestação.

A PSP já se reuniu com os promotores das iniciativas previstas para Braga e Porto, estando agendado para terça-feira uma reunião com os organizadores do protesto de Lisboa.

Para o dia das manifestações, a PSP decidiu suspender as folgas marcadas pelos efetivos da polícia, garantindo que serão posteriormente compensados.

Segundo o porta-voz da direção nacional da PSP, o intendente Alexandre Coimbra, a maior preocupação neste momento prende-se com a dimensão do evento e não com qualquer informação de possíveis confrontos.

Os protestos marcados para sexta-feira em várias cidades do país por grupos de cidadãos são inspirados no movimento “coletes amarelos” em França, que há vários dias se manifestam contra o elevado custo de vida e para exigir diminuição dos impostos e do preço da gasolina, entre outras reivindicações, e que já resultaram em violentos confrontos entre manifestantes e polícias no centro de Paris.

Os protestos estão a ser divulgado através de páginas de Facebook.

Anúncio

Braga

Homem mata mulher a tiro em Braga

Violência doméstica

em

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Uma mulher de 54 anos morreu esta sexta-feira em Braga vítima de um tiro de arma de fogo disparado pelo próprio marido.

O homem terá disparado sobre a mulher dentro da residência, localizada na rua da Bugide, freguesia de Pedralva.

Dirigiu-se esta noite ao posto territorial do Sameiro (GNR) onde confessou a autoria do crime.

Ao local acorreu uma ambulância INEM e a VMER de Braga, tendo confirmado o óbito da mulher.

O homem, de 59 anos, encontra-se sob custódia policial. Desconhecem-se ainda os motivos do crime.

Este é já o segundo caso de morte entre casais no distrito de Braga no espaço de seis dias.

No passado domingo, um homem matou a companheira em Gondifelos, Famalicão, pondo termo à vida de seguida.

Continuar a ler

Braga

“Pico” nas urgências reteve ambulâncias no Hospital de Braga. Situação já normalizou

Bombeiros revoltados

em

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Ambulâncias de várias corporações de bombeiros da região de Braga ficaram esta tarde de sexta-feira retidas durante mais de uma hora junto das urgências do Hospital de Braga, face ao tempo de espera na triagem.

Ao que O MINHO apurou junto de várias corporações da região de Braga, algumas ambulâncias chegaram mesmo a esperar mais de uma hora enquanto os doentes ficavam em macas no serviço de urgências, à espera de serem atendidos na triagem.

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Fonte da unidade hospitalar disse a O MINHO que a situação se encontra normalizada, tendo existido um “pico” durante esta tarde, face a algumas situações de última hora que “atrasaram” as ambulâncias.

A mesma fonte indica, contudo, que tem sido dada “prioridade máxima” às macas que chegam nas ambulâncias, de forma a “libertar” as viaturas que são necessárias em outras ocorrências, não podendo ficar “à espera” naquele serviço.

Ao que O MINHO apurou ao final da tarde desta sexta-feira, a situação já se encontra normalizada.

Continuar a ler

Braga

Braga reordena estacionamento em rua do centro da cidade

Na Rua São Geraldo

em

Foto: Divulgação / CM Braga

O estacionamento na rua de São Geraldo, no centro da cidade de Braga, foi reordenado durante o mês de agosto, informou esta sexta-feira a autarquia local.

A intervenção consistiu na a diminuição do número de lugares reservados, revisão da sinalética e pintura das marcações de lugares existentes.

Segundo o vereador João Rodrigues, a intervenção teve como objetivo “assegurar o interesse e o bem-estar dos moradores da Rua de São Geraldo que, de forma empenhada, organizada e participativa, fizeram chegar à União de Freguesias e, posteriormente à Câmara de Braga, todas as suas preocupações”.

Assim, foi reduzido o número de lugares afetos à Junta de Freguesia e implementadas duas zonas ‘Kiss and Go’ junto dos dois estabelecimentos de ensino existentes, podendo agora os moradores estacionar no período noturno.

Foi ainda reduzido em cinco vagas os lugares cativos existentes, libertando esse espaço para estacionamento normal.

“Esta é uma artéria importante na circulação dentro da cidade onde existia uma cativação de lugares excessiva. Depois de reunirmos com os moradores e a União de Freguesias chegámos à conclusão de que esta seria uma solução adequada e pragmática para a reordenação do estacionamento na Rua São Geraldo”, justifica João Rodrigues.

O vereador responsável pela Gestão e Conservação do Espaço Público recorda que o Município de Braga tem vindo a realizar “um conjunto de intervenções com um impacto enorme no dia-a-dia dos bracarenses”.

“Sempre que arranjamos uma rua, procedemos à reparação de um passeio, pintamos um lugar de estacionamento, sinto as pessoas gratas e verifico a importância destes pequenos gestos. São, muitas vezes, as obras e intervenções com maior significado”, conclui João Rodrigues, notando que a principal preocupação do Município é o “bem-estar dos bracarenses, garantindo o conforto, facilidade e acessibilidade na cidade”.

Continuar a ler

Populares