Seguir o O MINHO

Braga

PSP de Braga aconselha automobilistas “a não imitarem os pilotos” na Falperra

Manobras perigosas detetadas à noite na zona da GNR do Sameiro

em

Foto: O MINHO / Arquivo 2021

A PSP de Braga aconselha os automobilistas a não fazerem corridas ilegais no traçado da Rampa da Falperra, o que se tem verificado já durante as últimas noites, especialmente na madrugada desta quinta-feira, com um elevado número de condutores em excesso de velocidade e manobras perigosas, numa zona que é também da responsabilidade da GNR.

O Comando Distrital de Braga refere que “a PSP aconselha os senhores automobilistas a nas noites anteriores não imitarem os pilotos de corrida de automóvel, porque não estarão implementadas as necessárias medidas de segurança, o que poderá originar acidentes com consequências muito graves”, segundo a PSP de Braga, esta quinta-feira, em comunicado.

Segundo apurou O MINHO, a maioria das corrida ilegais, ao longo da madrugada desta quinta-feira, foram detetadas já na zona de ação do Posto Territorial da GNR do Sameiro, porque sendo a maioria das subidas já a partir da Curva do Barroco e com passagens pelas Curvas do Restaurante e do Zé do Telhado, pertença à área de jurisdição da PSP de Braga, incluindo a subida a seguir à Chicane e ao Castelinho, já a chamada Curva da Morte é da responsabilidade da GNR do Sameiro, dependendo do Comando da GNR de Braga, assim como a Curva do Fojo e onde se situam as instalações da Ordem dos Cónegos Regrantes.

Conselhos da PSP de Braga

Entretanto, para os dias da competição, nos próximos sábado e domingo, a PSP de Braga alerta para evitar utilizar os veículos automóveis para se deslocar até ao local da prova, dando preferência a outros meios disponíveis e evitar as deslocações, durante a prova de forma a garantir a segurança de todos os intervenientes ou opte por artérias que não se encontrem condicionadas à circulação automóvel, para além do respeito pela sinalética dos circuitos de circulação e das regras de acesso à prova e a colaboração com o staff de segurança e os polícias que estarão nos locais, acrescenta a Polícia de Segurança Pública.

Populares