Seguir o O MINHO

Viana do Castelo

PS congratula-se com início das obras dos acessos ao porto de Viana em 2018

em

Foto: DR/Arquivo

O deputado do PS eleito pelo distrito de Viana do Castelo José Manuel Carpinteira congratulou-se esta sexta-feira com o anúncio, pela ministra do Mar, do início, “até final do ano”, da construção dos acessos rodoviários ao porto daquela cidade. 

“Questionada sobre o ponto de situação dos acessos ao porto de mar de Viana do Castelo, no âmbito de uma audição na comissão de Agricultura e Mar, Ana Paula Vitorino informou os deputados que o lançamento do concurso para a execução da obra está previsto para o final do primeiro semestre de 2018 e o início dos trabalhos até final de 2018”, afirmou o deputado socialista, José Manuel Carpinteira em comunicado enviado, à agência Lusa.

A nova via rodoviária, com 8,8 quilómetros, ligará o porto comercial ao nó da A28, em São Romão de Neiva, permitindo retirar o tráfego de pesados do interior de vias urbanas, num projeto concluído desde 2008.

Em janeiro de 2017, numa deslocação à cidade, a ministra do Mar anunciou que o investimento naqueles acessos ronda os 9,5 milhões de euros, suportados pela Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo (APDL) e pela Câmara de Viana do Castelo.

Na altura, Ana Paulo Vitorino disse que, no total, o investimento a realizar, em dois anos, no porto de mar de Viana do Castelo, para melhorar as acessibilidades marítimas e terrestres àquela infraestrutura é de 36 milhões de euros”.

Na nota hoje enviada, José Manuel Carpinteira adiantou que, durante a audição na comissão de Agricultura e Mar, realizada esta semana, a ministra do Mar informou ainda “que as expropriações dos terrenos necessários para o acesso rodoviário estão a ser concluídas” e que estão em fase de conclusão os Estudos de Impacto Ambiental para o acesso marítimo, estando a Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo (APDL) a acompanhar o processo”.

“O Governo do PSD nunca deu prioridade a estes investimentos fundamentais para o desenvolvimento do Porto de Mar, por isso não os incluiu no Portugal 2020. O Governo do PS vai investir mesmo sem fundos comunitários”, referiu o deputado, citado naquela nota.

José Manuel Carpinteira disse que “o Ministério do Mar investirá 35 milhões de euros neste projeto para dar uma nova face e maior capacidade ao porto”.

“São boas notícias para o Alto Minho. Continuaremos acompanhar e a reivindicar este importante investimento”, frisou.

José Manuel Carpinteira explicou que “a intervenção no acesso marítimo ao porto permitirá entrada e saída de navios com até oito metros de calado, quando atualmente o acesso está limitado a, no máximo, três metros e meio, e custará 14 milhões”.

“Serão ainda construídos também uma doca seca, com custo de 11 milhões de euros, e acessos rodoviários, no valor de 10 milhões”, especificou.

EM FOCO

Populares