Seguir o O MINHO

Braga

Prozis não pára de crescer e vai criar 240 novos empregos em Portugal

em

A Prozis, empresa de suplementos e alimentação funcional do grupo OSIT, apresentou, na sexta-feira, a futura nova unidade de produção na Póvoa do Lanhoso, no Parque Industrial de Fontarcada, um investimento de 12 milhões de euros, que irá permitir a criação de cem novos postos de trabalho no concelho.

Miguel Milhão, fundador e chairman da Prozis, Manuel Caldeira Cabral, ministro da Economia e Benjamim Pereira, presidente da Câmara Municipal de Esposende, em visita à sede da empresa. DR

A cerimónia foi presidida pelo Ministro da Economia, que, no mesmo dia, passou pela sede da empresa, em Esposende, onde trabalham cerca de 300 colaboradores, num espaço com uma área de 5 mil metros quadrados.

No site da Prozis podem encontrar-se diversas vagas de emprego em aberto. [VER]

A nova unidade na Póvoa de Lanhoso, que entrará em funcionamento no final do ano, faz parte do projeto Prozis Next, que prevê a criação de um total de 240 postos de trabalho em Portugal, segundo avança o jornal Correio do Minho.

“Estamos super satisfeitos e adoramos as pessoas da Póvoa de Lanhoso. Esperamos fazer aqui uma empresa dez vezes maior que actualmente”, referiu Miguel Milhão, fundador e chairman da empresa, citado por aquele jornal.

O ministro Manuel Caldeira Cabral elogiou o negócio da Prozis. “São empresas como esta que começam ligadas à tecnologia, que sabem encontrar um modelo de negócio diferenciador e apoiado nas tecnologias de informação mas que sabem também olhar para a qualidade dos produtos e olhar para o mercado global, que estão a fazer este crescimento que Portugal está a ter neste momento e que estão a ter a confiança de continuar a investir, de continuar a contratar e, com isso, a criar mais emprego e mais valor em Portugal”, afirmou, citado pelo Correio do Minho.

Em Esposende, Miguel Milhão, disse ter recusado “númeras propostas de venda da empresa, porque o valor está na plataforma tecnológica que construímos. A maneira mais eficiente de chegar ao consumidor final”.

A crescer a um ritmo de 55 por cento este ano, a Prozis tem na Europa o seu principal mercado e prepara-se para alargar a aposta, com a construção de novas unidades. Com a construção da nova unidade da Póvoa de Lanhoso, a empresa atingirá os 45 mil metros quadrados de área operacional.



Populares