Seguir o O MINHO

Viana do Castelo

Professora da UMinho, natural de Viana, é a nova presidente da Fundação para a Ciência e Tecnologia

Madalena Alves toma hoje posse

em

Foto: DR

Madalena Alves, docente e investigadora na Escola de Engenharia da Universidade do Minho, natural de Viana do Castelo, é empossada, na tarde desta sexta-feira, como nova presidente da Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT), principal entidade que subsidia a investigação científica em Portugal.

A nomeação para este importante cargo foi aprovada na reunião de ontem do Conselho de Ministros. O novo conselho diretivo da FCT conta ainda com Francisco Santos, do Instituto Superior Técnico de Lisboa (vice-presidente), Amélia Polónia, da Universidade do Porto (vogal) e António Bob Santos, do ISCTE (vogal).

Madalena Alves licenciou-se em Engenharia Química pela Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto e fez o mestrado em Engenharia Bioquímica no Instituto Superior Técnico.

É professora catedrática desde 2013 e foi diretora do Centro de Engenharia Biológica da UMinho desde janeiro de 2020. Pela sua investigação na área da biotecnologia ambiental, recebeu vários prémios nacionais e internacionais, integrou painéis de avaliação de várias organizações internacionais e foi representante do Estado português no Conselho do Laboratório Ibérico Internacional de Tecnologia (INL).

Em 2009 foi distinguida com um doutoramento honoris causa atribuído pela Universidade Técnica de IASI, na Roménia.

Em 2016 foi-lhe atribuída a medalha de cidadã de mérito pela Câmara Municipal de Viana do Castelo.

Por regra, o mandato da direção da FCT dura três anos.

Populares