Problemas técnicos afastam Pimenta na final de K1 5000 quando seguia líder

Um problema técnico com o caiaque de Fernando Pimenta levou ao seu afastamento na final da distância dos 5.000 metros em K1, na Taça do Mundo de Velocidade, que terminou esta tarde em Szeged, na Hungria.

O canoísta de Ponte de Lima ainda chegou a liderar a prova na primeira portagem, mas a embarcação terá perdido um leme forçando à desistência do multicampeão mundial de canoagem.

Apesar desta despedida triste no arranque da época internacional, Pimenta tem pelo menos três motivos para sorrir – as três medalhas em K1 500 (ouro) K1 1000 (prata) e K2 500 (bronze), esta última com a atleta de Esposende Teresa Portela, nas três restantes provas em que participou.

João Ribeiro, de Esposende e, como Pimenta, atleta do SL Benfica, estava inscrito para os 5.000 metros mas não chegou a participar na final. Horas antes, havia vencido o bronze na prova de K2 500 metros em conjunto com Messias Baptista.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Moreno: "Dei mais um dia de folga, porque as vitórias têm de ser festejadas"

Próximo Artigo

FC Porto vence Casa Pia com reviravolta e mantém-se na corrida ao título

Artigos Relacionados
x