Seguir o O MINHO

Braga

Prisão preventiva para suspeito de matar a mulher em Vieira do Minho

em

António Fidalgo à saída da PJ/Braga para ser ouvido em Tribunal. Foto: O MINHO

António Fidalgo, que na quarta-feira à noite se entregou à GNR de Braga, após ter, alegadamente, estrangulado a mulher, Ana Paula, em Salamonde, Vieira do Minho, vai ficar em prisão preventiva enquanto aguarda julgamento. A determinação do juiz ocorreu há momentos após primeiro interrogatório judicial, em Guimarães.

Manuel António Fidalgo, de 44 anos, motorista de passageiros, que explorava com a sua mulher, Ana Paula Jesus Fernandes Fidalgo, de 39 anos, o restaurante e residencial O Refúgio do Gerês, naquela localidade, já fez saber, através do seu advogado João Magalhães, não ter sido ele o autor da morte da esposa, afirmando que com ela ficou o alegado amante da vítima, um homem mais novo, vizinho do casal, que é industrial de camionagem, já estabelecido naquela mesma freguesia do concelho de Vieira do Minho.

A vítima era natural da freguesia vizinha de Cabril, concelho de Montalegre, no distrito de Vila Real, estava no estabelecimento, que exploravam, situado na Rua Central, junto à Estrada Nacional 103, tendo o marido feito saber, antes de ter sido detido pela PJ de Braga, que depois de umas “estaladas” entre si a mulher se terá cruzado com o suposto amante, pois quando subia uma escadaria para sair de casa, o homem estaria a descer as mesmas escadas, depois de cá fora ter esperado que Manuel António Fidalgo falasse com a mulher. A discussão terá surgido porque o marido terá provas documentais de que seria traído pela esposa.

Em desenvolvimento

Anúncio

Braga

Oficial: Média de infetados em Braga baixa nas últimas 24 horas. Há 1.154 infetados no Minho

Covid-19

em

Foto: DR / Arquivo

O boletim epidemiológico da Direção-Geral de Saúde desta quarta-feira vem com os números aproximados daquilo que são os casos fidedignos de infeções por covid-19 discriminados por concelho. Existem 1.154 casos confirmados no Minho.

Os números correspondem aos dados recolhidos até as 24:00 de terça e podem comportar apenas cerca de 79% dos casos reais.

Braga, com 423 (+16 do que ontem) casos confirmados, Famalicão com 154 (+4) e Guimarães com 149 (+2) são os concelhos da região do Minho mais atingidos pela pandemia. A média de novos infetados em Braga desceu para mais de metade nas últimas 24 horas.

Fonte: DGS

Segue-se o concelho de Barcelos com 107 (+5), Viana do Castelo com 79 (+4), Vila Verde sobe para 49 (+1), Arcos de Valdevez mantém 26, Póvoa de Lanhoso mantém 23, Amares mantém 19, Vizela mantém 17, Esposende mantém 16, Fafe mantém 13, Ponte de Lima mantém 12, Melgaço sobe para 12 (+3), Vieira do Minho soba para 11 (+2), Monção sobre para 9 (+2), Caminha mantém 8, Celorico de Basto mantém 7, Paredes de Coura mantém 6, Cabeceiras de Basto mantém 5 casos, Valença sobe para 5 (+1) e Terras de Bouro mantém 4.

Os restantes concelhos minhotos registam menos de 3 casos, alguns ainda sem infetados, e não constam no relatório por “motivos de confidencialidade”.

Continuar a ler

Braga

Arcebispo de Braga quer velas à janela e sinos a tocar no domingo de Páscoa

Covid-19

em

Foto: DR

O Arcebispo Primaz de Braga, D. Jorge Ortiga, em carta pastoral enviada aos sacerdotes católicos da Arquidiocese, pede “às famílias que, para exteriorizarem a sua fé na noite de sábado para domingo de Páscoa, coloquem na janela uma ou mais velas. Recordar-nos-ão o batismo e convidar-nos-ão a ser luz no mundo”.

O prelado acrescenta que, “durante o Domingo de Páscoa, os sinos devem tocar festivamente. A criatividade pastoral pode e deve ser usada para inventar outros sinais que manifestem a alegria pascal, nomeadamente um almoço festivo, com muitas ou poucas coisas, antecedido de um momento de oração”.

Na carta pastoral, D. Jorge Ortiga realça que “há mensagens, contactos telefónicos, saudações pela internet” e conclui: “Tudo deve seguir o que a fantasia da caridade sugere. E digo mais uma vez: acrescenta-lhe a melodia dos gestos, como possas e quanto o amor te ditar. O teu gesto diz: Estou a teu lado, à tua frente, a teu lado, no teu meio, atrás de ti”.

A celebração no Sábado será às 21h e no Domingo às 11h30, ambas na Sé Primaz. Ambas transmitidas pela internet.

Continuar a ler

Braga

Parques de campismo em Braga e Vila Verde disponíveis para profissionais de saúde

Covid-19

em

Foto: Domingos Costa

Os parques de campismo situados em Braga e Vila Verde estão disponíveis para receber profissionais de saúde durante o tempo da pandemia de covid-19, foi hoje anunciado.

Em comunicado, a Câmara de Braga explica que o Parque de Campismo e Caravanismo de Braga terá alojamento para até 24 pessoas da área da saúde e da proteção civil, após pareceria entre a autarquia, a Invest Braga, o movimento de caravanistas ISTAS e o Hospital de Braga.

Bungalows, autocaravans e caravanas estarão disponíveis a partir de quinta-feira, com a chegada de mais seis autocaravanas vindas de Lisboa, conforme já foi noticiado por O MINHO.

Oferece ainda quatro espaços livres para os profissionais que possuam autocaravanas ou caravanas e necessitem deste serviço.

Já em Vila Verde, na freguesia de Aboim da Nóbrega, o parque de campismo local decidiu colocar dois bungalows, com capacidade para quatro pessoas, à disposição da comunidade médica.

No Parque de Campismo e Caravanismo Rural de Aboim da Nóbrega existem sete espaços para autocaravanas e caravanas para quem possua meios próprios e necessite de um espaço.

Esta iniciativa surge após disponibilidade demonstrada pela ATAHCA, Associação de desenvolvimento das Terras Altas do Homem, Cávado e Ave, proprietária do parque.

Continuar a ler

Populares