Seguir o O MINHO

Futebol

Presidente do Vitória diz que não há propostas “em concreto” por André Almeida

Mercado de transferências

em

Foto: DR / Arquivo

O presidente do Vitória SC, António Miguel Cardoso, disse hoje que não há “nada em concreto” quanto a propostas para a transferência de André Almeida, um dos médios do clube minhoto, da I Liga portuguesa de futebol.

O dirigente reconheceu que os vitorianos têm de “ser dinâmicos e flexíveis” quanto a entradas e saídas no mercado de transferências que encerra em 31 de agosto, mas disse contar com o médio de 22 anos, internacional português sub-21, até agora associado pela imprensa nacional ao FC Porto e, mais recentemente, ao Sporting.

“O André é um ativo do Vitória, um homem fantástico e contamos com ele. Estamos no mercado e temos de ter respostas ao minuto, mas, neste momento, não há nada em concreto. O André é daqueles jogadores que o clube e a massa associativa valorizam”, adiantou, durante a sessão de apresentação dos equipamentos alternativos para a época 2022/23.

António Miguel Cardoso frisou que os vimaranenses contam com o médio formado no Vitória para a deslocação ao reduto do Portimonense, referente à terceira jornada do campeonato, agendada para as 20:30 de domingo, e mostrou-se “satisfeito” com o plantel às ordens do treinador Moreno, apesar de ser necessário “um ou outro acerto”.

Quanto ao eventual interesse do Vitória SC no regresso do extremo Geny Catamo, emprestado pelo Sporting na segunda metade da época transata, o responsável limitou-se a dizer que os minhotos dispõem de “uma cláusula de preferência” em relação a Geny Catamo e a Gonzalo Plata, ao abrigo da transferência de Marcus Edwards para os ‘leões’, em janeiro último.

EM FOCO

Populares