Seguir o O MINHO

Ave

Presidente de Vizela anuncia obras de 3,5 milhões e “mudança radical na cidade”

“O centro urbano vai ficar irreconhecível”, diz Vítor Hugo Salgado

em

O presidente da Câmara de Vizela, Vítor Hugo Salgado, afirmou hoje que as obras de regeneração urbana, orçadas em 3,5 milhões de euros e já iniciadas, vão trazer “uma mudança radical ao centro da cidade”.

“O centro urbano vai ficar irreconhecível”, disse na sessão de apresentação, que hoje se realizou num restaurante da cidade, insistindo na ideia de que a cidade vai assistir a uma “mudança radical profunda”

O autarca referia-se ao plano de ação previsto no âmbito da Regeneração Urbana Sustentada (RUS), um trabalho que tem vindo a ser projetado desde o início do mandato, com o envolvimento dos técnicos da autarquia, e que, indicou, aponta para a realização de 12 obras, ao longo de três anos, apoiadas por fundos europeus, da administração central e da câmara municipal.

Trata-se, reforçou, de “um plano ambicioso” que prevê a modernização dos arruamentos centrais da localidade, da Praça da República e do Jardim Manuel Faria, obras pensadas, com o propósito de reforçar a atratividade do centro urbano, convidando as pessoas a desfrutar da sua cidade.

Passeios mais largos pensados numa maior acessibilidade, passadeiras de acordo com as novas recomendações, novos pavimentos e zonas de estacionamento melhoradas são o denominador comum das obras apontadas para os arruamentos, nomeadamente para a Avenida Eng. Sá e Melo, Avenida dos Bombeiros, Rua Dr. Abílio Torres, Rua da Rainha, Rua Ferreira Caldas e Rua Dr. Joaquim Pinto.

O plano prevê também uma ciclovia, com zonas mistas para peões e com equipamentos de apoio, ligando a localidade de Infias, à entrada da cidade, à zona Ribeirinha, junto ao rio Vizela, atravessando grande parte da área urbana.

O edifício do antigo matadouro também vai ser transformado numa moderna Casa da Cultura, com um auditório e uma sala de exposições. Junto ao imóvel original, surgirá um novo edificado de apoio.

A requalificação do Parque das Termas, já em curso, a limpeza das margens do rio Vizela e um novo parque de estacionamento para cerca de uma centena de viaturas na principal zona comercial também constam do plano.

Vítor Hugo Salgado disse acreditar que o conjunto das várias intervenções, quando concluídas, trará “uma nova vida ao centro urbano de Vizela”, incluindo no plano económico, invertendo a tendência de algum declínio que se observou nas últimas décadas.

A estratégia da autarquia inclui ainda incentivos para os comerciantes e para os particulares reabilitarem as lojas históricas e as fachadas dos edifícios. As melhores intervenções nos imóveis poderão receber até 4.000 euros.

As obras já decorrem em alguns arruamentos e outras já foram concluídas, como a recente remodelação do acesso às instalações das termas e praça junto ao estabelecimento.

A intervenção na Praça da República e Jardim Manuel Faria, que constituem o centro cívico da cidade, deverá arrancar em outubro, com os trabalhos preliminares, acelerando no início de 2020. À Lusa o presidente disse que essa intervenção deverá prolongar-se por um ano.

A terminar, o autarca admitiu que os próximos meses serão caracterizados pelos “naturais transtornos” causados pelas várias obras previstas neste plano, apelando, por isso, à “compreensão dos vizelenses”, na certeza de que, prometeu, “valerá a pena”.

Anúncio

Guimarães

Homem de 35 anos em estado grave após colisão em Guimarães

Em Creixomil

em

Um homem, com 35 anos, sofreu ferimentos graves na sequência de uma colisão frontal, ao início da noite deste domingo, na cidade de Guimarães.

A colisão ocorreu na Rua da Pisca, em Creixomil, provocando ainda ferimentos ligeiros num outro interveniente, um homem com 67 anos.

“Houve necessidade de desencarcerar a vítima mais nova”, disse a O MINHO fonte dos bombeiros.

No local, estiveram os Bombeiros de Guimarães com três viaturas e oito operacionais.

A equipa médica da VMER de Guimarães fez acompanhamento clínico do ferido grave até ao hospital local, para onde ambas as vítimas foram transportadas.

A PSP registou a ocorrência.

Continuar a ler

Ave

Tenta burlar casal de Famalicão no MBWay mas é apanhado

Burla

em

Foto: Divulgação

Um casal de Famalicão apresentou queixa na GNR, contra desconhecidos, por uma alegada tentativa de burla no valor de 350 euros através da aplicação MBWay.

De acordo com a Cidade Hoje, o casal colocou à venda um aparelho de ginástica na plataforma digital OLX, sendo contactado por um individuo que manifestou interesse na compra pelo preço de 20 euros.

O alegado burlão pediu para transferir o dinheiro através da aplicação MBWay, utilizada para efetuar pagamentos por via digital, intenção a que o casal terá acedido, mesmo sem conhecer a funcionalidade em questão.

Seguindo as instruções do comprador, a mulher dirigiu-se a uma caixa multibanco para ativar o serviço, criando um código para o efeito, com o valor total de 350 euros.

Um erro num dos dígitos no código fornecido acabou por evitar que a burla fosse consumada. O homem entrou em contacto com o casal, apontando essa falha.

Entretanto, um familiar do casal, utilizador da plataforma, explicou o funcionamento da mesma, revelando que se tratava de uma tentativa de burla.

A tentativa para levantar o dinheiro foi efetuada numa caixa de multibanco de Estremoz, em Évora.

A GNR, em posse do contacto telefónico do burlão, está a efetuar diligências para encontrar o mesmo e apurar os factos.

Continuar a ler

Guimarães

Encontrado telemóvel de homem desaparecido há 10 dias em Guimarães

Desaparecimento de Fernando ‘Conde’ envolto em mistério

em

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO (Arquivo)

As autoridades policiais recolheram, este sábado, o telemóvel de Fernando Conde, sexagenário desaparecido em Guimarães desde o passado dia 08 de janeiro. O aparelho foi encontrado num afluente do rio Ave, junto à Estrada Nacional 103, na freguesia de Barco, concelho de Guimarães.

Esta nova descoberta, feita pela Associação Portuguesa de Busca e Salvamento, pode trazer uma explicação para este desaparecimento, envolto em mistério desde o início, uma vez que o homem não sofria de quaisquer doenças nem estava deprimido.

Este domingo, a família irá realizar buscas com outros populares, junto ao rio Ave, para tentar encontrar o corpo de Fernando.

Familiares desconfiam que este estará no rio, embora as primeiras buscas realizadas por mergulhadores profissionais, na última semana, não tenham sido frutíferas.

Este sábado, os mergulhadores encontraram o telemóvel durante buscas onde existia o último registo de rede móvel do aparelho do desaparecido.

A Polícia Judiciária está com o caso, uma vez que não está descartada a hipótese de crime.

Continuar a ler

Populares