Presidente de assembleia de freguesia em Vila Verde condenado a três anos de cadeia por violência doméstica

Episódios de violência doméstica foram denunciados à GNR por familiares.

O Tribunal de Vila Verde condenou esta segunda-feira o presidente da Assembleia de Freguesia de Cabanelas, naquele concelho, a uma pena de três anos de prisão, suspensa por igual período, pelo crime de violência doméstica.

O juiz determinou ainda que o culpado terá de pagar uma indemnização de 10 mil euros à mulher, de quem fica proibido de contactar e de se aproximar.

O caso deu-se na sequência de várias denúncias feitas por familiares à GNR, tendo a esposa e a filha recebido assistência hospitalar mais do que uma vez, na sequência dos episódios de violência doméstica.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Sindicatos de professores entregam pré-aviso de greve parcial entre 15 de outubro e 31 de dezembro

Próximo Artigo

Alto Minho defende reforço de verbas para cooperação entre Portugal e Espanha

Artigos Relacionados
x