Seguir o O MINHO

Barcelos

Presépios artesanais de Barcelos enriquecem Natal em Amarante lembrando Unesco

em

Foto: Divulgação

Presépios com peças certificadas de artesãos de Barcelos são um dos atrativos do programa “Amarante Cidade Presépio”, evidenciando, segundo a organização, a colaboração entre ambas as cidades, este ano distinguidas pela Unesco.

André Magalhães, vereador de Amarante, explicou que o facto de Amarante e Barcelos terem sido integradas este ano na Rede das Cidades Criativas da Unesco estimulou a colaboração entre os dois municípios.

O autarca recordou que Barcelos foi distinguida por aquela organização das Nações Unidas, no âmbito das artes tradicionais, e que fazia sentido que o artesanato daquela cidade minhota pudesse ser exposto em Amarante, “numa quadra tão especial”, com peças certificadas que refletem o espírito natalício.

Os presépios podem ser vistos na biblioteca municipal (a entrada é livre), no contexto, por exemplo, de um possível passeio pelo centro histórico, por estas semanas abundantemente decorado com motivos natalícios.

No mosteiro e na ponte de São Gonçalo, os maiores ex-libris do edificado de Amarante, a iluminação colorida, refletida no rio Tâmega que atravessa a urbe, reforçada nos últimos anos, atrai milhares de pessoas que se juntam na praça. Bem perto, a árvore de Natal gigante da Alameda Teixeira de Pascoaes, com 25 metros de altura e milhares de luzes, é ponto de paragem obrigatória, para além de poder ser vista de vários pontos da cidade, espelhada no Tâmega, para gáudio dos locais e dos turistas que registam, muitas vezes em família, o momento com os seus telemóveis.

André Magalhães disse à Lusa que todo o trabalho de preparação de “Amarante Cidade Presépio” é pensado para atrair gente à cidade, dando-lhe “uma vida muito especial” por estes dias. O autarca referiu que uma das novidades é um mercado de natal, no centro histórico, onde podem ser comprados produtos tradicionais de Natal e que é animado com vários concertos musicais, de diferentes estilos, de 21 a 24 de dezembro. Na cidade, onde não falta a “Casa do Pai Natal”, foi também colocado um carrossel tradicional, na zona de Santa Luzia, que dá uma “beleza diferente” e “um espírito mágico”. Pelo caminho, no Largo do Arquinho, os visitantes podem andar de baloiços ou cruzar-se com animação itinerante feita por atores convidados.

Uma caminhada noturna, pelas ruas históricas, organizada pela Associação Desportiva de Amarante, no dia 21, propiciará uma passagem pelas principais atrações natalícias.

Além de proporcionar diversão aos visitantes, o programa atrai muitos forasteiros, para satisfação do comércio local. As pastelarias, com os seus doces conventuais, são muito procuradas.

Para o autarca, é importante que o investimento do município tenha retorno do lado da economia, o que, garantiu, tem acontecido de forma crescente, ano após ano, justificando a satisfação dos comerciantes e a “aposta arrojada” iniciada em 2014.

Populares