Seguir o O MINHO

Região

Praias fluviais de Póvoa da Lanhoso, Fafe e Vila Verde com ‘lotação esgotada’

Info Praia

em

Praia fluvial da Queimadela, em Fafe. Foto: Ivo Borges / O MINHO (Arquivo)

As praias fluviais de Queimadela (Fafe), Verim (Póvoa de Lanhoso) e Prado (Vila Verde), estão, pelas 18:00 horas deste domingo, com ocupação plena, não sendo permitida a entrada de mais banhistas.

Foi um domingo em que a população voltou a preferir os banhos no rio em detrimento do mar. Também a praia de Adaúfe, em Braga, encontra-se com dois terços de ocupação.

Em termos de praias oceânicas, a grande maioria das praias de Viana, Esposende e Caminha encontram-se com ocupação baixa, segundo a aplicação Info Praia, dispositivo que monitoriza e divulga a lotação das praias do país.

Apenas a praia de Afife, em Viana, se encontra com lotação acima da média, mas ainda longe de atingir ocupação plena.

Lotação máxima de utentes por praia

Caminha

Moledo – 4.500
Vila Praia de Âncora – 2.700
Foz do Minho – 1.600
Forte do Cão/Gelfa – 500

Esposende

Suave Mar – 3.000
Apúlia – 2.000
Ramalha – 1.200
Apúlia Norte – 900
Ofir – 800
Cepães – 600
Rio de Moinhos – 100

Viana do Castelo

Arda/Bico – 1.400
Afife – 900
Paçô/Carreço – 900
Cabedelo – 800
Cabedelo/Luziamar – 800
Praia Norte – 600
Carreço – 600
Amorosa/Chafé – 400
Amorosa/Bico – 400
Pedra Alta (Castelo do Neiva) – 200

Algumas das normas, para além da lotação máxima, passam pela etiqueta respiratória e pelo distanciamento físico de 1,5 metros entre diferentes grupos no areal.

Há um máximo de 5 utentes por toldo, colmo ou barraca. A distância mínima entre estes locais deve ser de três metros.

Atividades desportivas como raquetes, disco, futebol, não vão ser permitidas este ano por gerar movimentação. Atividades náuticas, aulas de surf e desportos similares são permitidos.

A época balnear no Minho abriu a 27 de junho e termina a 30 de setembro.

EM FOCO

Populares