Jovem de 20 anos detido por atear dez fogos à noite na Póvoa de Lanhoso

Motivado por incendiarismo
Foto: BV Viana do Castelo

Um jovem de 20 anos é suspeito de atear dez fogos na freguesia de Sobradelo da Goma, na Póvoa de Lanhoso, informou a Polícia Judiciária (PJ). Os incêndios foram provocados de noite, durante o mês de julho e o suspeito foi detido ontem fora de flagrante delito.

Em comunicado, a PJ indica que o jovem praticou os delitos durante a noite, tendo provocado a destruição de cinco hectares de floresta, “só não atingindo maiores proporções devido à rápida intervenção dos bombeiros”.

O detido, de 20 anos, é operário da construção civil e terá recorrido a chama direta para as respetivas ignições. Segundo a PJ, atuou motivado por incendiarismo. Será agora presente a juiz para aplicação de medidas de coação.

“Os locais da freguesia onde ocorreram os incêndios foram alvo, de forma recorrentemente, de diversas ignições com natureza dolosa”, referiu a polícia.

Em comunicado, a PJ informa ainda que “os locais onde os incêndios ocorreram situam-se numa zona onde existem condições de propagação a manchas florestais de grandes dimensões, gerando enorme risco, potencialmente alimentado pela carga combustível ali existente e pela orografia própria da região, o que se traduziu em elevado perigo concreto para as pessoas, para os seus bens patrimoniais e para o ambiente”.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Braga: Luís Rufo nunca esperou sentar-se no banco dos réus após 8 anos de "trabalho voluntário"

Próximo Artigo

Freguesia de Celorico de Basto "abalada" com morte de filho da terra em acidente de trabalho

Artigos Relacionados
x