Seguir o O MINHO

País

Português detido por tráfico de medicamentos para a disfunção sexual

Em Espanha

em

Foto: Ilustrativa / DR

A polícia espanhola anunciou hoje a detenção de 47 pessoas, incluindo um português, envolvidas numa rede de tráfico de medicamentos para a disfunção sexual da Ásia para vários países europeus, entre os quais Portugal.

Numa “grande operação” contra o tráfico ilegal de drogas em várias províncias espanholas foram detidas 47 pessoas, “todas de nacionalidade espanhola, exceto um cidadão português”, que foram acusados de crimes contra a saúde pública, pertença a uma organização criminosa, fraude, contrabando e lavagem de dinheiro.

De acordo com um comunicado da Guarda Civil (correspondente à GNR), a venda dos medicamentos ilegais era feita em todo o território de Espanha, assim como em países como Portugal, Reino Unido, França, Alemanha, Itália e Rússia.

O líder da rede criminosa foi preso no Dubai, onde estava escondido, sendo procurado com três mandados de captura internacionais.

A rede importava da Malásia grandes quantidades de medicamentos, como Tadalafil e Sildenafil, princípios ativos diagnosticados para o tratamento da disfunção erétil, passando-os como suplementos alimentares naturais.

Foram realizadas 12 buscas domiciliares, 55 inspeções de locais de venda deste tipo de produto, bem como bloqueadas 59 páginas da internet e 39 contas bancárias.

“Estes produtos, uma vez manuseados no nosso país [Espanha], destinavam-se a ser vendidos em locais como ginásios, ervanárias, ‘sex-shops’ e através da internet”, explica o comunicado da polícia.

A investigação começou há mais de um ano e foi iniciada por uma queixa anónima que fez com que várias remessas aduaneiras da Malásia, suspeitas de conter princípios ativos de medicamentos sem serem declaradas como tal, começaram a ser seguidas.

Anúncio

País

Os números do Euromilhões

Sorte

em

Foto: DR / Arquivo

É esta a chave do sorteio do Euromilhões desta terça-feira, 07 de abril: 4, 5, 14, 33 e 48 (números) e 7 e 12 (estrelas).

Em jogo para o primeiro prémio está um valor de 45 milhões de euros.

Continuar a ler

País

BCE empresta quase 20 mil milhões de euros a 99 bancos a 77 dias

Banco Central Europeu

em

Foto: DR / Arquivo

O Banco Central Europeu (BCE) emprestou hoje a 99 bancos da zona euro 19.507 milhões de euros a 77 dias, na quarta das suas operações de refinanciamento adicional.

Segundo a agência Efe, a procura de liquidez baixou em relação à semana passada, quando 107 bancos pediram 43.713 milhões de euros a 84 dias, e na semana anterior tinham pedido 79.673 milhões de euros a 91 dias.

O BCE levará a cabo, semanalmente, até finais de junho, operações adicionais de financiamento a prazo mais longo, de forma temporária, para proporcionar um apoio de liquidez imediato ao sistema financeiro da zona euro.

Estas operações efetuar-se-ão mediante um procedimento de leião a taxa de juro fixa com adjudicação plena, com uma taxa de juro igual à taxa média aplicável à facilidade de depósito, que está atualmente nos -0,50%.

O juro do empréstimo calcula-se e paga-se na data de vencimento, pelo que poderão ser de -0,50% se o BCE não baixar a facilidade de depósito.

Todas estas operações adicionais de liquidez em condições favoráveis vencem em 24 de junho, quando o BCE levar a cabo uma operação de liquidez a muito longo prazo da sua terceira série.

Continuar a ler

País

Detidas 33 pessoas desde a renovação do estado de emergência

Covid-19

em

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO (Arquivo)

A PSP e a GNR detiveram até hoje 33 pessoas pelo crime de desobediência desde 03 de abril, totalizando 141 as detenções feitas desde o início do estado de emergência, indicou hoje o Ministério da Administração Interna (MAI).

Em comunicado, o MAI refere que, entre as 00:00 de 03 de abril e as 17:00 de hoje, foram detidas 33 pessoas por crime de desobediência, designadamente por violação da obrigação de confinamento obrigatório e por outras situações de desobediência ou resistência.

O MAI avança também que, durante o mesmo período, foram encerrados 177 estabelecimentos por incumprimento das normas estabelecidas no estado de emergência.

Em relação ao último balanço feito às 18:00 de segunda-feira pelo MAI, nas últimas 24 horas foram detidas mais 11 pessoas e encerrados mais 32 estabelecimentos.

Estes dados são referentes ao segundo período do estado de emergência, que foi renovado na sexta-feira e termina a 17 de abril.

O MAI sublinha que estes números hoje divulgados juntam-se aos verificados no primeiro período de estado de emergência, que vigorou entre os dias 22 de março e 02 de abril, nos quais se registaram 108 detenções por crime de desobediência e foram encerrados 1.708 estabelecimentos comerciais.

No âmbito do estado de emergência, a Guarda Nacional Republicana e a Polícia de Segurança Pública têm vindo “a desenvolver uma intensa atividade de sensibilização, vigilância e fiscalização junto da população”.

No comunicado, o MAI insiste ainda “no cumprimento rigoroso” das medidas impostas pelo estado de emergência, “perante a imperiosa necessidade de todos contribuírem para conter o contágio da covid-19″.

Em Portugal, segundo o balanço feito hoje pela Direção-Geral da Saúde, registaram-se 345 mortes, mais 34 do que na véspera (+10,9%), e 12.442 casos de infeções confirmadas, o que representa um aumento de 712 em relação a segunda-feira (+6%).

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 1,3 milhões de pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 75 mil.

Dos casos de infeção, cerca de 290 mil são considerados curados.

Continuar a ler

Populares