Portugal envia uma centena de operacionais para apoiar Espanha a combater incêndio

Foto: Lusa / Arquivo

Portugal enviou hoje para Espanha um grupo de 100 operacionais e cerca de 30 viaturas em resposta a um pedido de assistência, para combate a incêndios florestais, feito pela Proteção Civil espanhola.

Em declarações à agência Lusa, o comandante Sub-Regional de Emergência e Proteção Civil da Beira Baixa, Pedro Nunes, disse que estão a caminho do território espanhol três grupos de combate como reforço, dois constituídos por bombeiros voluntários da Beira Baixa e Beiras e Serra da Estrela, um grupo da Força Especial de Proteção Civil e uma brigada do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF).

O incêndio deflagrou na quarta-feira à noite na comarca de Hurdes (Espanha) e alastrou para a de Serra de Gata, ambas na província de Cáceres, com as chamas a afetarem zonas que estão a poucas dezenas de quilómetros da fronteira com Portugal (na região da Beira Baixa).

Segundo as autoridades espanholas, o incêndio está fora de controlo por causa do vento e já queimou pelo menos 2.500 hectares de terreno.

A previsão meteorológica para hoje nesta região prevê a continuação de rajadas de vento consideradas fortes e as temperaturas máximas não superarão os 25 graus.

Espanha, como a generalidade do sul da Europa, enfrenta um novo ano de seca e registou nas últimas semanas temperaturas historicamente elevadas para a época.

Pedro Nunes explicou que a Proteção Civil espanhola solicitou a ajuda de Portugal via Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, e a equipa de operacionais portugueses está a caminho do teatro de operações.

“Para já, não pediram nenhum reforço de meios aéreos. Só foram solicitados meios terrestres. É previsível que os operacionais fiquem, pelo menos nas próximas 24 horas, quase de certeza, em território espanhol”, concluiu o comandante do Comando Sub-Regional da Beira Baixa.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Ministra da Coesão espera apresentar plano de redução de portagens “até ao verão”

Próximo Artigo

Petit espera provocar desconforto ao SC Braga

Artigos Relacionados
x