Seguir o O MINHO

Futebol

Portugal defronta Luxemburgo no caminho para a fase final do Euro2020

O Portugal-Luxemburgo está agendado para as 19:45, no Estádio José Alvalade

em

Foto: Divulgação / FPF

Portugal procura esta sexta-feira ficar mais perto do apuramento direto para o Euro2020 de futebol, num duelo com o Luxemburgo, em Lisboa, em que William Carvalho é principal baixa na equipa de Fernando Santos.

O médio de 27 anos, que é totalista na fase de qualificação do próximo Europeu, tendo mesmo já marcado dois golos, até chegou a treinar com a seleção nacional, mas acabou por não recuperar dos problemas físicos e foi mesmo dispensado, dado lugar ao regresso de André Gomes.

Da lista inicial de convocados, além de William, o selecionador nacional já teve que dispensar Rafa, devido a problemas físicos, e tem ainda Mário Rui em dúvida, já que o lateral-esquerdo esteve sempre limitado durante toda a preparação.

Em contrapartida, Pepe deverá somar a sua 107.ª internacionalização e estar de regresso ao centro de defesa, depois de ter falhado os jogos de setembro, com Sérvia (4-2) e Lituânia (5-1), devido a problemas físicos.

Na ‘onda’ dos regressos, João Mário poderá ser opção no meio-campo luso, ainda mais com a ausência de William, mas a principal dúvida acontece na frente, no que promete ser um ‘quebra cabeças’ para Fernando Santos.

Bernardo Silva e Cristiano Ronaldo aparecem como ‘intocáveis’ no ‘onze’ português, deixando Gonçalo Guedes, João Félix e André Silva na luta por apenas um lugar.

No Estádio José Alvalade, Portugal, atual campeão europeu, é claro favorito a vencer um Luxemburgo que o máximo que conseguiu neste apuramento foi vencer a Lituânia em casa, por 2-1, e depois empatar em Vilnius, a uma bola.

Um triunfo, mais que esperado, irá deixar Portugal com ‘pé e meio’ no próximo Europeu, em que irá defender o título, e na luta com a Ucrânia pelo primeiro lugar do grupo B, naquele que promete ser um duelo bem ‘quente’ na próxima segunda-feira, em Kiev.

O grupo B é liderado pela Ucrânia (13 pontos, em cinco jogos), seguida por Portugal (oito em quatro), Sérvia (sete, em cinco), Luxemburgo (quatro, em cinco) e Lituânia (um, em cinco).

O Portugal-Luxemburgo está agendado para as 19:45, no Estádio José Alvalade, em Lisboa, e terá arbitragem do polaco Daniel Stefanski.

Anúncio

Futebol

Faz hoje sete anos que o Vitória SC conquistou a Taça de Portugal

Neste dia, 26 de maio, em 2013, o Vitória SC conquistava a Taça de Portugal de futebol pela primeira vez no seu historial, ao vencer o Benfica por 2-1, na final disputada no Estádio Nacional, em Oeiras.

em

Foto: DR

Continuar a ler

Futebol

João Pedro renova com Vizela e cumpre 13.ª época consecutiva no clube

II Liga

em

Foto: FC Vizela / Facebook

O Vizela, clube que foi promovido à II Liga portuguesa de futebol, anunciou hoje a renovação de contrato como defesa João Pedro, que assim vai cumprir a 13.ª temporada consecutiva no plantel sénior da formação minhota.

O jogador, de 30 anos, nunca representou outro emblema na sua carreira, tendo igualmente feito todo o seu percurso de formação, durante oito anos, nas equipas jovens do Vizela.

“É um orgulho renovar pelo meu clube de sempre e acompanhá-lo para o lugar de onde nunca deveria ter saído”, referiu João Pedro, em declarações ao site do clube.

O defesa direito, que é um dos capitães de equipa, estreou-se pelo emblema vizelense em setembro de 2008, e desde então já cumpriu 236 jogos oficiais pelo clube.

O Vizela, a par do Arouca, foi indicado pela Federação Portuguesa de Futebol para a subida à II Liga Portuguesa de Futebol, depois do Campeonato Portugal, onde militava, ter sido interrompido, devido à pandemia de covid-19.

À data da suspensão da prova, o Vizela liderava a Série A com 60 pontos (mais oito que o segundo classificado Fafe), enquanto o Arouca estava em 1º lugar na Série B com 58 pontos (mais oito que o Lusitânia de Lourosa).

Continuar a ler

Futebol

Estádio do Rio Ave aprovado para receber jogos na retoma da I Liga

Covid-19

em

Foto: Divulgação / Rio Ave FC (Arquivo)

O Estádio do Rio Ave, em Vila do Conde, foi aprovado pela Direção-Geral da Saúde (DGS) para receber jogos na retoma da I Liga portuguesa de futebol, anunciou hoje a LPFP.

O organismo também confirmou aprovação do recinto do Desportivo das Aves, entretanto já divulgada pelo clube, elevando para 14 os estádios autorizados a receber desafios no regresso do campeonato, a partir de 03 de junho.

No caso do estádio dos vila-condenses, a aprovação surgiu após uma vistoria realizada esta manhã, pela Administração Regional de Saúde do Norte, que emitiu parecer favorável, após verificar as intervenções feitas pelo clube.

O Rio Ave procedeu ao aumento da área de um dos balneários para respeitar a distância de segurança de 4 metros quadrados por atleta, colocação de sinalética, instalação torneiras automáticas e à revisão do sistema de ventilação de todos os espaços.

“Sempre foi, desde o primeiro instante, intenção do Rio Ave jogar no seu estádio, pois tínhamos a certeza de que reunimos todas as condições para o trabalho diário como para toda a operacionalização nos dia de jogo, em condições de segurança, a todos os níveis, para atletas, treinadores, médicos e staff”, manifestou o clube vila-condense no seu site oficial, após receber a notícia da aprovação do recinto.

No caso do estádio do Desportivo das Aves, a aprovação já tinha sido anunciada pelo clube na sexta-feira, mas só hoje foi ratificada publicamente pela LPFP, que ressalvou, no entanto, que fica “impedida a utilização do sistema de ar condicionado na zona técnica”.

Além dos recintos do Rio Ave e Desportivo das Aves, foram já aprovados pela DGS o Estádio da Luz (Benfica), Estádio do Dragão (FC Porto), Estádio José Alvalade (Sporting), Estádio D. Afonso Henriques (Vitória SC), Estádio João Cardoso (Tondela), Estádio do Marítimo, Estádio Municipal de Braga, o Portimão Estádio, a Cidade do Futebol (FPF), o Estádio Capital do Móvel (Paços de Ferreira), Estádio Cidade de Barcelos (Gil Vicente) e o Estádio do Bessa (Boavista).

O Estádio do Bonfim (Vitória de Setúbal) ainda aguarda por nova inspeção para ser avaliado um conjunto de correções indicadas pela DGS como necessárias para aprovação do recinto.

No plano de desconfinamento face à pandemia de covid-19, o Governo autorizou a realização à porta fechada dos 90 jogos da I Liga, que deve será reatada a 3 de junho e é liderada pelo FC Porto, com um ponto de vantagem sobre o campeão Benfica, e da final da Taça de Portugal, entre ‘dragões’ e ‘águias’, tendo excluído a continuidade da II Liga.

Os campeonatos de França, Países Baixos, Bélgica e Escócia foram cancelados, enquanto outros países preparam o regresso gradual à competição, como Inglaterra, Itália, Espanha e Portugal, depois de a Liga alemã ter sido retomada

Continuar a ler

Populares