Seguir o O MINHO

País

Portugal com 478 ocorrências devido ao mau tempo até às 16:00

Mau tempo

em

Portugal contabilizou hoje 478 ocorrências devido ao mau tempo, sendo os distritos de Lisboa (212), Leiria (55) e Setúbal (46) os mais penalizados, disse à Lusa o comandante da Associação Nacional de Emergência e Proteção Civil.

Num balanço com dados até às 16:00, Pedro Araújo acrescentou, relativamente à tipologia das ocorrências, “haver 109 associadas a quedas de árvores, 232 associadas a inundações e 94 a quedas de estruturas, sendo o resto distribuído entre limpezas de via, movimentos de massa, deslizamento de terra e afins”.

O responsável da Proteção Civil garantiu “não haver registo de feridos associados às condições meteorológicas”.

“O que temos é algumas vias secundárias interrompidas e algumas inundações a provocarem constrangimentos à circulação rodoviária”, acrescentou Pedro Araújo.

O Instituto Português do Mar e Atmosfera (IPMA) colocou hoje sob aviso laranja 13 dos 18 distritos, incluindo toda a costa do país, e a amarelo cinco distritos do interior devido ao mau tempo.

De acordo com o ‘site’ do instituto, os distritos do litoral, incluindo todo o Algarve, estão sob aviso laranja.

Os avisos laranja devem-se sobretudo à precipitação, embora nos distritos mais a norte, Porto, Braga e Viana do Castelo, se devam também ao vento e à agitação marítima.

Já os distritos de Évora, Portalegre, Castelo Branco, Guarda e Bragança estão sob aviso amarelo, assim como os arquipélagos da Madeira e dos Açores.

A Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) tem sob alerta amarelo todos os 18 distritos.

A situação de alerta amarelo vai manter-se depois até às 13:00 de domingo.

O aviso laranja indica situação meteorológica de risco moderado a elevado e o amarelo é emitido pelo IPMA sempre que existe risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.

Populares