Seguir o O MINHO

Futebol

Portistas fazem a festa um pouco por todo o Minho

FC Porto campeão 2021/22

em

Fotos: Pedro Luís Silva e Ivo Borges / O MINHO

São várias as cidades e vilas dos distritos de Braga e de Viana do Castelo onde há festa portista ao longo desta noite. Depois de Viana, que começou a ocupar as ruas logo no final do jogo, também as cidades de Fafe e de Barcelos registam movimentação de adeptos que é de salientar, assim como Famalicão, Vila Verde e Ponte de Lima. Já na cidade de Braga, também existiram festejos, mas mal se viram.

Barcelos. Foto: Pedro Luís Silva / O MINHO

Fafe. Foto: Ivo Borges / O MINHO

Barcelos. Foto: Pedro Luís Silva / O MINHO

Fafe. Foto: Ivo Borges / O MINHO

Barcelos. Foto: Pedro Luís Silva / O MINHO

Fafe. Foto: Ivo Borges / O MINHO

Barcelos. Foto: Pedro Luís Silva / O MINHO

Barcelos. Foto: Pedro Luís Silva / O MINHO

Barcelos. Foto: Pedro Luís Silva / O MINHO

Barcelos. Foto: Pedro Luís Silva / O MINHO

A cidade de Braga acolheu os festejos com certa discrição, comparativamente com outras épocas.

Alguns minutos depois do final do jogo com o Benfica, eram poucos os adeptos do FC Porto nos lugares habituais de festejos de títulos na cidade bracarense.

Paulatinamente, algumas dezenas de carros com adeptos portistas, munidos de cachecóis e bandeiras do FC Porto, foram percorrendo as principais artérias do centro de Braga, enchendo-as de apitos e festejando o 30.º título nacional dos ‘dragões’, carimbado em pleno Estádio da Luz.

O FC Porto sagrou-se hoje campeão português de futebol pela 30.ª vez, ao vencer em casa do Benfica por 1-0, em jogo da 33.ª e penúltima jornada da I Liga.

No Estádio da Luz, Zaidu, aos 90+4 minutos, marcou o golo da vitória dos ‘azuis e brancos’, num jogo em que o benfiquista Darwin Núñez viu um golo ser-lhe anulado pelo videoárbitro, por fora de jogo, ao minuto 52.

Os ‘dragões’ passaram a somar 88 pontos, mais nove do que o Sporting, que detinha o título e tem menos um jogo, mas já não pode alcançar o FC Porto, enquanto o Benfica segue na terceira posição, com 71.

Populares