Seguir o O MINHO

Ponte de Lima

Ponte de Lima e vira do Minho em spot publicitário na televisão

Campanha da “Rubis Gás” pretende aproximar a marca às regiões do país.

em

Ponte de Lima e o vira do Minho são um dos temas escolhidos pela “Rubis Gás” para uma campanha composta por seis spots pubicitários, com duração de 16 segundos, divulgados através dos canais de televisão em sinal aberto e por cabo, incluindo no horário nobre, e também nas redes sociais e no YouTube, onde o vídeo com a vila limiana contava, no primeiro dia de janeiro, já com mais de 110 mil visualizações.

Baseada no slogan “O meu gás é Rubis”, a promoção tem ainda como temas outros aspectos da cultura e gastronomia nacionais, como a alheira de Mirandela, o cante alentejano, o frango da Guia, no Algarve, a espetada à madeirense e o queijo da ilha, dos Açores.

A campanha publicitária, que inclui ainda um spot para rádio e cartazes espalhados pelo país, irá decorrer durante todo o mês de janeiro. Foi desenvolvida pela FCB Lisboa (criatividade), Still Produções (produção) e Mindshare (planeamento de meios).

Anúncio

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem O MINHO, jornal estritamente digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O MINHO é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Inspirados na filosofia seguida pelo jornal inglês "The Guardian", um dos mais importantes órgãos de comunicação do Mundo, também nós achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler O MINHO, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar O Minho - e só demora um minuto. Obrigado.

Ponte de Lima

Obra visa travar sinistralidade em acessos a Ponte de Lima

Investimento de 400 mil euros.

em

Foto: Divulgação/CM Ponte de Lima

A Câmara de Ponte de Lima vai submeter à aprovação da Assembleia Municipal um acordo com a Infraestruturas de Portugal (IP) para prevenir a sinistralidade na Estrada Nacional (EN) 203, de acesso àquela vila, informou hoje o município.

Segundo a autarquia, o Acordo de Gestão “permitirá ao município avançar com uma intervenção, enquanto dono da obra, sendo a mesma financiada em cerca de 400 mil euros pela IP”.

“O projeto em causa prevê o tratamento de travessia urbana, incluindo reordenamento de acessos e reformulação de interceções, através da construção de duas rotundas de forma a reduzir a velocidade de circulação automóvel, promovendo-se, de uma forma articulada com a intervenção já adjudicada pelo município relativa às ciclovias e vias pedonais da envolvente urbana, uma maior segurança para o peão”, sustentou a Câmara de Ponte de Lima.

Diversos acidentes já ocorreram no local. Fotos: O MINHO/Arquivo

Na nota hoje enviada à imprensa, a autarquia liderada por Victor Mendes (CDS) referiu que “são promovidas, através de ambos os projetos, as condições de sustentabilidade ambiental, de fluidez de tráfego e segurança da circulação, esperando-se que estas medidas possam efetivamente permitir uma redução dos registos de sinistralidade verificados nesta via”.

No documento, a autarquia sublinhou que a sinistralidade rodoviária na Via Foral de D. Teresa (designação daquele troço da estrada), “continua a ser uma das principais preocupações do município no que diz respeito à segurança rodoviária no concelho”.

“A via em causa é um dos principais acessos à vila de Ponte de Lima, integrando uma malha urbana plenamente consolidada, onde se localizam diversos espaços e equipamentos públicos educativos e desportivos, bem como estabelecimentos de comércio e de serviços”, explicou.

Em novembro último, um movimento cívico criado em Ponte de Lima promoveu uma vigília para “sensibilizar peões e automobilistas” para a necessidade de prevenir a sinistralidade na EN 203, de acesso àquela vila.

A vigília surgiu na sequência de um atropelamento, que causou a morte de uma mulher de 56 anos.

Na altura, contactado pela agência Lusa, o autarca Vítor Mendes adiantou ter chegado a acordo com a IP, empresa responsável pela EN 203, para a assinatura de um protocolo de gestão para a construção de duas novas rotundas, que permitam acabar com aquele “ponto negro” do concelho.

“Fruto da pressão política que o município de Ponte de Lima tem feito, foi possível chegar a acordo para a celebração deste protocolo. Este acordo foi alcançado antes do grave acidente de domingo passado”, disse, na altura, Vítor Mendes.

Já em novembro de 2017, a Câmara de Ponte de Lima aprovou um voto de protesto por a IP não ter requalificado aquela via.

No protesto, o município alertava para o facto de se tratar “de um dos principais acessos a Ponte de Lima e integrar uma malha urbana plenamente consolidada, onde se localizam diversos espaços e equipamentos públicos educativos e desportivos, bem como, estabelecimentos de comércio e de serviços”.

Continuar a ler

Ponte de Lima

‘Incentivo ao Empreendedorismo’ na Escola Superior Agrária de Ponte de Lima

Melhores projetos vão ser premiados

em

Apresentar Planos de Negócio de ideias inovadoras, desenvolvidos pelos alunos de Biotecnologia e de Enfermagem Veterinária, é o objetivo da sessão de incentivo ao empreendedorismo que irá decorrer, hoje, na Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Viana do Castelo, pelas 14:00.

O alunos foram desafiados a encontrar soluções para lacunas existentes no mercado e identificaram oportunidades de negócio em produtos tão distintos como velas e incensos com feromonas; uma escova canina multifunções; uma colher para facilitar os snacks saudáveis a meio da manhã/tarde; um peitoral para arrefecimento canino; um sistema para a hidratação de cães de caça; a venda de produtos especializados para cães e gatos; um sistema de booking para animais; a venda de pacotes personalizados para gatos; temperos inovadores para substituir o sal ou palmilhas para acabar com o mau odor.

São 10 ideias inovadoras, concretizadas em Planos de Negócio desenvolvidos nas unidades curriculares de “economia e gestão” e “gestão de empresas”.

Os melhores projetos irão ser premiados pela In.Cubo.

Continuar a ler

Ponte de Lima

Carteiristas espanholas voltam a atacar na Feira de Ponte de Lima

em

Foto: Luís Cunha / Arquivo

Duas carteiristas, de nacionalidade espanhola, foram detidas pela PSP, esta segunda-feira de manhã, na feira quinzenal da Ponte de Lima.

Ao que O MINHO apurou, as mulheres, com idades entre 40 e 45 anos, foram interceptadas em flagrante delito por polícias à paisana, e na posse de uma avultada quantia de dinheiro.

As suspeitas foram levadas para a esquadra da PSP de Ponte de Lima, onde vão passar a noite, antes de serem presentes a tribunal.

Estas duas carteiristas já haviam sido identificadas na mesma feira, em julho do ano passado.

Continuar a ler

Populares