Ponte de Lima: Autarquia dá terreno e adianta verbas para requalificar quartel de bombeiros

A Câmara de Ponte de Lima vai apoiar a ampliação e beneficiação do quartel dos bombeiros de Freixo, disponibilizando o terreno e adiantando o financiamento para a obra a candidatar aos novos fundos europeus.

Segundo fonte autárquica, a candidatura foi apresentada esta sexta-feira ao PO SEUR – Programa Operacional de Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos, dependendo da sua aprovação o início da intervenção, que tem um custo estimado em mais de 400 mil euros. A candidatura foi formalizada pela Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Ponte de Lima (AHBVPL), que é a responsável pela secção de bombeiros de Freixo.

Aquela fonte explicou que “mal seja aprovada a candidatura, a autarquia avançará com os recursos financeiros para a realização da empreitando, sendo ressarcida daquele investimento quando chegarem as verbas disponibilizadas pelos fundos comunitários”.

Adiantou que aquelas condições constam de um protocolo a celebrar com a AHBVPL e já aprovado pelo executivo municipal que reconheceu “a necessidade registada há já algum tempo” de ampliação e beneficiação do quartel de Freixo.

A autarquia liderada por Victor Mendes (CDS) considerou tratar-se de “um equipamento de todo fundamental no âmbito dos serviços de proteção civil existentes em Ponte de Lima, cuja importância sai reforçada tendo em conta a distância daquela freguesia à sede do concelho, permitindo assim, uma maior cobertura do território e uma resposta mais rápida em situações de emergência”.

O edifício do quartel de Freixo, com 35 efetivos, a maioria voluntários, é composto por um único piso. A ampliação em causa “visa a ampliação do espaço operacional, através da construção de uma estrutura adjacente ao atual edifício, em terreno cedido, em direito de superfície, pela Câmara Municipal”.

Aquele quartel serve uma população de 50.681 mil habitantes, dando apoio aos concelhos vizinhos de Barcelos (freguesias Alheira, Panque, Cossourado, Balugães), Viana do Castelo (Carvoeiro), Vila Verde (freguesias Rio Mau, Goães, Portela das Cabras, Arcozelo, Escariz São Martinho, e Escariz São Mamede).

 

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Braga: Grupo de cidadãos quer 'acalmar' o trânsito com bicicletas

Próximo Artigo

Braga: Festival para Gente Sentada promete colocar o público em pé

Artigos Relacionados
x