Seguir o O MINHO

Viana do Castelo

Politécnico de Viana prevê reduzir, anualmente, mais de uma tonelada de papel só nas cantinas

Iniciativa dos SAS alimentação passa pela eliminação das saquetas dos talheres e dos toalhetes nos tabuleiros

em

Foto: Divulgação

O Instituto Politécnico de Viana do Castelo prevê reduzir, anualmente, mais de uma tonelada de papel, só nos serviços de alimentação, entre as sete cantinas, anunciou aquela escola em comunicado.

Esta redução está prevista graças à implementação de um sistema de distribuição de talheres mais sustentável, por um lado, e pela redução ou mesmo eliminação dos toalhetes dos tabuleiros, acrescenta a mesma nota.

“Ao todo, e contas feitas, com esta medida serão eliminados, anualmente, 1.230 quilogramas em papel”, refere a instituição de ensino superior.

A eliminação das saquetas de papel dos talheres prevê a redução de 380 quilogramas de papel, e consequentemente a poupança de água e energia no processo de produção.

Os cálculos apontam para uma redução de 380 quilogramas de papel/ano; redução de 8,1 m3 H2O/ano e redução  da intensidade energética em 4,7 GJ/ano.

“Pretende-se, também sensibilizar toda a comunidade IPVC para a redução da utilização de toalhetes de papel, uma vez que todos os tabuleiros utilizados têm os mesmos procedimentos de higienização que os copos, talheres e pratos”, salienta ainda a instituição.

“Esta medida prevê a redução de 850 quilogramas de papel/ano, e uma vez mais, uma poupança de água e energia no processo de produção”, indica, estimando a redução de 850 quilogramas de papel/ano; redução de 18 m3 H2O/ano; e redução Intensidade energética 10 GJ/ano

Populares