Polícia natural da Póvoa de Varzim baleado com 15 tiros no Brasil

Um agente da Polícia Militar (PM) do Rio de Janeiro, natural da Póvoa de Varzim, foi encontrado morto no banco de trás de um carro com 15 tiros, avança o jornal O Globo.

Patrick Batista Lopes tinha 27 anos e trabalhava na Unidade de Polícia Pacificadora na favela de São Carlos, no bairro do Estácio, no Rio de Janeiro.

O carro em que estava o PM foi encontrado na margem de uma estrada municipal na região de Várzea das Moças, entre Niterói e São Gonçalo, cidades da região metropolitana do Rio de Janeiro.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Apelo de filha de vítima mortal em acidente gera onda de solidariedade a exigir obras na EN 101

Próximo Artigo

José Manuel Fernandes condecorado este sábado pelo Presidente da Ucrânia

Artigos Relacionados
x