Seguir o O MINHO

Aqui Perto

Polícia Marítima da Póvoa de Varzim resgata quatro franceses à deriva

Autoridade Marítima

em

Foto: AMN

A Estação Salva-vidas da Póvoa de Varzim auxiliou, na manhã de hoje, quatro tripulantes a bordo de uma embarcação de recreio, de bandeira francesa, que se encontrava à deriva à entrada do porto da Póvoa de Varzim.


​O piquete da Polícia Marítima da Póvoa de Varzim foi contactado pela marina, cerca das 09:00, a informar que uma embarcação tinha comunicado que tinha uma avaria na propulsão ficando à deriva à entrada do porto.

Foi ativada para o local a embarcação “SR-35” da Estação Salva-vidas da Póvoa de Varzim que procedeu ao reboque da embarcação, por questões de segurança, até à marina da Póvoa de Varzim, onde atracou pelas 10:05.

Por se encontrarem bem fisicamente, não foi necessário prestar assistência aos tripulantes.

O Comando-local da Polícia Marítima da Póvoa de Varzim tomou conta da ocorrência.

Anúncio

Aqui Perto

Assaltam loja em Santo Tirso para furtar bacalhau

Assalto

em

Foto: Leandro Silva / Google Images

Uma loja de congelados situada no centro de Santo Tirso foi assaltada durante a madrugada deste domingo, na rua Dr. Joaquim Augusto Pires de Lima.

Os larápios partiram a montra da loja com recurso a tampas metálicas da rede de águas pluviais, segundo informação divulgada pelo Jornal do Ave.

Do interior da loja, os assaltantes levaram várias caixas de bacalhau e outros produtos congelados.

O valor total do furto ainda está a ser apurado, diz a mesma fonte.

A divisão de Investigação Criminal da PSP está a investigar a ocorrência.

Continuar a ler

Aqui Perto

Neste lar em Santo Tirso a pandemia não é desculpa para não se dar um abraço

Covid-19

em

Foto: Misericórdia de Santo Tirso

O Lar Doutora Leonor Beleza, da Santa Casa da Misericórdia de Santo Tirso, desenvolveu uma forma de proporcionar abraços entre utentes, familiares e colaboradores, mesmo em tempo de elevado contágio por covid-19.

“Abraça-me” é o nome do vitral onde estão incorporados orifícios que permitem introduzir os braços envoltos em película protetora, assegurando assim mobilidade e proteção para um gesto mais carinhoso, como um abraço.

A instituição, que aprovou esta semana o Plano de Atividades e Orçamento para 2021, refere-se a esta iniciativa como um “desafio feliz a todos os utentes, familiares e amigos”.

“Com a chegada do mês de dezembro, um mês da família e de proximidade, iremos ajudar a que os nossos abracem com amor, carinho, amizade”, pode ler-se na página das redes sociais da Misericórdia de Santo Tirso.

“Que o toque aconteça em segurança e os momentos sejam ainda mais reais e felizes. Troquem o vosso abraço pelo maior sorriso dos nossos que são vossos”, finaliza a mesma nota.

Continuar a ler

Aqui Perto

Sapataria à face da estrada Famalicão-Póvoa de Varzim assaltada pela 3.ª vez em 14 meses

Assalto

em

Foto: Facebook / Joniluna

A sapataria Joniluna, situada à face da Estrada Nacional 206, em Balasar, concelho da Póvoa de Varzim, foi assaltada pela terceira vez em pouco mais de um ano.

Nas redes sociais, o proprietário deu conta de um novo assalto naquela loja que vende artigos de diversas marcas mas com especial enfoque na marca Cavalinho.

Em declarações ao Jornal de Notícias, a proprietária conta que roubaram malas, carteiras e porta-moedas da marca Cavalinho, para além de terem partido a montra, a grade e a caixilharia, num prejuízo a rondar os milhares de euros.

Cristina Silva conta que eram três assaltantes, de máscara e com capuzes e luvas. Terão utilizado um dos ferros dos andaimes que se encontravam no local para forçar a entrada na loja, situada na Praceta do Cubo.

Diz ainda que “num minuto e pouco” roubaram tudo o que conseguiram, cerca da 01:51.

O alarme tocou e o assalto foi captado pelas câmaras de videovigilância.

Refere a proprietária que o carro era roubado e circulava no dia anterior na zona centro do país.

Este é o terceiro assalto que a loja sofre em pouco mais de um ano. Em setembro de 2019, partiram a montra e levaram dez mil euros em artigos. A 28 de junho, novo assalto com mais dez mil euros de prejuízo. Desta vez, e apesar de ter investido em mais grades, alarme, câmaras e sensores, voltou a ser assaltada.

A GNR investiga.

Continuar a ler

Populares