Seguir o O MINHO

Região

Poeiras de África mais visíveis no sábado. DGS deixa avisos

Fraca qualidade do ar

em

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

A Direção-geral da Saúde alertou hoje para a ocorrência de uma situação de fraca de qualidade do ar prevista para sábado, podendo ainda ter efeitos no domingo, devido à intrusão de uma massa de ar proveniente dos desertos do Norte de África, que transporta poeiras em suspensão.

Embora seja esperada uma maior expressão nas regiões de Alentejo e Algarve, devido ao aumento das concentrações de partículas inaláveis de origem natural no ar, estas poeiras vão atravessar todo o continente, podendo chegar ao Minho.

De acordo com a nota da DGS, este poluente (partículas inaláveis – PM10) tem efeitos na saúde humana, principalmente na população mais sensível, crianças e idosos, cujos cuidados de saúde devem ser redobrados durante a ocorrência destas situações.

Assim, e enquanto este fenómeno se mantiver, a Direção-Geral da Saúde recomenda à população em geral para evitar os esforços prolongados, limitar a atividade física ao ar livre e evitar a exposição a fatores de risco, tais como o fumo do tabaco e o contacto com produtos irritantes.

A DGS revelou ainda uma lista de doentes que, devido aos efeitos deste fenómeno, para além de cumprirem as recomendações para a população em geral, devem, sempre que viável, permanecer no interior dos edifícios e, preferencialmente, com as janelas fechadas.

Da lista fazem parte crianças, idosos, doentes com problemas respiratórios crónicos, designadamente asma e doentes do foro cardiovascular.

Em caso de agravamento de sintomas contactar a Linha Saúde 24 (808 24 24 24) ou recorrer a um serviço de saúde.

EM FOCO

Populares