Seguir o O MINHO

Braga

Plataforma que permite alugar carros por um euro chega a Braga

em

Foto: Divulgação

O projecto de expansão da DriiveMe, plataforma de aluguer de carros a um euro, vai incluir Braga. A aplicação já estava presente em Lisboa, Faro e Porto, e agora terá vários pontos de partida e chegada no país.

Criada em França por três jovens irmãos, a DriiveMe trabalha em Portugal com a AVIS, e agora, conta já com quatro novos clientes para poupar custos nos seus transportes de frotas.

“O mais gratificante para nós é ver como tanto os clientes como os utilizadores estão encantados com o serviço. Queremos tornar-nos na melhor opção na hora de efetuar uma viagem rápida e cómoda”, explica Constantin Lambert, Country Manager da DriiveMe Iberia.

A DriiveMe é um ponto de encontro entre as agências de aluguer, que necessitam de mover os seus veículos para devolvê-los às suas estações de origem. Os utilizadores particulares, que pretendem alugar um veículo a um preço reduzido, acabam por fazer um “favor” às empresas. Os irmãos Alexandre e Geoffroy Lambert lançaram a DriiveMe em França, em 2012; e o terceiro dos irmãos, Constantin, levou o serviço para Portugal e Espanha em 2017.

A plataforma DriiveMe está disponível através da Internet e via App. O processo de alugar um automóvel é muito similar ao de um aluguer normal: o condutor acede à plataforma, escolhe o veículo, a data e a hora a que vai recolhê-lo, entre as opções disponíveis. Logo que tenha reservado a rota, pelo preço simbólico de 1 euro, apenas terá que pagar as portagens (caso existam) e o combustível.

Anúncio

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem O MINHO, jornal estritamente digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O MINHO é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Inspirados na filosofia seguida pelo jornal inglês "The Guardian", um dos mais importantes órgãos de comunicação do Mundo, também nós achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler O MINHO, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar O Minho - e só demora um minuto. Obrigado.

Braga

Trabalhadores de call center em greve em Braga

O mote da greve é “a exigência de respeito e onde os trabalhadores se queixam de ser tratados como números e sem qualquer consideração ou respeito por eles ou pela até lei”

em

Um grupo de trabalhadores de call center estarão em greve, ao longo de todo o dia, esta terça-feira, em Braga, tendo em linha de conta melhores condições de trabalho, combate ao assédio moral e laboral, “porque chega de erros salariais constantes”, clamando pela “justiça nos prémios e em avaliações” daqueles profissionais, segundo apurou O MINHO.

Esta greve partiu do Sindicato de Trabalhadores de Call Center e está marcada para as imediações da empresa Concentrix, no Largo da Estação Ferroviária, em Maximinos, na cidade de Braga, mobilizando elevado número de trabalhadores, deste setor de atividade.

O mote da greve é “a exigência de respeito e onde os trabalhadores se queixam de ser tratados como números e sem qualquer consideração ou respeito por eles ou pela até lei”.

Segundo referiu o mesmo sindicato, esta greve na cidade de Braga “foi despoletada pela transferência arbitrária de 25 trabalhadores e pela forma como foi feita, esta transferência foi a gota de água num local já de si cheio de problemas e irregularidades, tendo a greve sido aprovada por unanimidade em duas assembleias feitas com todos os trabalhadores”.

A greve durará todo o dia e haverá uma concentração dos trabalhadores em greve entre as 10:00 e as 13:00 em frente ao edifício da Estação da CP de Braga, segundo revelou o dirigente Nuno Geraldes, do Sindicato de Trabalhadores de Call Center, envolvendo esta iniciativa abrange A Greve está convocada para todos os trabalhadores do Call Center no edifício e em regime de teletrabalho com as funções de suporte técnico para a AppleCare.

Continuar a ler

Braga

Braga Romana já tem datas

Já estão abertas as candidaturas para o Mercado Romano

em

Foto: Divulgação/CM Braga

A organização da Braga Romana já divulgou as datas da 16.ª edição do evento. A cidade vai reviver a época da Bracara Augusta durante cinco dias, entre 22 e 26 de maio.

Já estão abertas, até 08 de março, as candidaturas para o Mercado Romano, que obedecem a requisitos e critérios inerentes a esta recriação histórica.

Foto: CM Braga

Foto: CM Braga

Foto: CM Braga

Foto: CM Braga

Foto: CM Braga

Foto: CM Braga

Podem candidatar-se artesãos, mercadores e místicos assim como propostas para as iguarias da área alimentar.

O Evento tem o propósito de comemorar os primeiros tempos de vida daquela que foi a “Opulenta Cidade Bracara de Augustus”.

As últimas edições atraíram cerca de 500 mil visitantes, e a organização quer afirmar a Braga Romana como “marca para o futuro”.

Continuar a ler

Braga

Homem detido por assalto a estabelecimento comercial em Braga

O suspeito foi apanhado ainda no interior do estabelecimento

em

Foto: DR

A PSP deteve, na madrugada de domingo, um homem de 30 anos por furto num estabelecimento comercial de Braga, anunciou hoje aquela força.

O suspeito foi apanhado ainda no interior do estabelecimento, tendo um outro indivíduo conseguido pôr-se em fuga.

Para acederem ao interior do estabelecimento, arrombaram a fechadura com uma chave de fendas.

O detido vai ser presente no Tribunal Judicial da Comarca de Braga.

Continuar a ler

Populares