Seguir o O MINHO

Famalicão

Plataforma de Ação Socioeducativa e Cultural promove projeto de inclusão social

em

Foto: Divulgação

Cerca de 700 jovens residentes em contexto de bairro social, em Famalicão, Guimarães, Santo Tirso, Paços de Ferreira, Braga, Funchal e ainda nos territórios de Varese, em Itália, e Mosteiros na Ilha do Fogo, Cabo Verde, estão envolvidos num projeto de promoção de cidadania responsável que procura garantir a inclusão social através da responsabilidade, do compromisso e da interação.

A equipa de interventores da PASEC – Plataforma de Ação Socioeducativa e Cultural ligada ao projeto PASEC Underground está no terreno para assegurar a inclusão Inteligente em comunidades de risco e a forma como operam valeu à PASEC a distinção pela União Europeia, através do Programa Erasmus +, de projeto inspirador 2017. Este projeto ganhou notoriedade e já foi visitado, entre outros, pela secretária de Estado da Cidadania e Inclusão e pelo Secretário de Estado do Desporto e Juventude.

São jovens, na sua maior parte vítimas do insucesso escolar, estigmatizados pela sua proveniência, promotores de comportamentos desviantes traduzidos em fenómenos de marginalidade e pequena criminalidade e com graves índices de iliteracia. A PASEC Underground procura combater esses fenómenos e simultaneamente transformar os bairros sociais envolvidos em comunidades que valorizam e potenciam a sua dimensão intercultural, ecológica, intergeracional e social como fontes de oportunidades de integração e afirmação.

A metodologia associada ao projeto PASEC Underground, a caracterização do universo envolvido e os resultados obtidos são o foco da próxima ação do roteiro pela inovação de Vila Nova de Famalicão, através de uma visita do Presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, à Casa das Ideias da PASEC, na Rua João de Deus, em Antas, (Antiga Escola Primária), nesta sexta-feira, 12 de janeiro, pelas 10:30.

EM FOCO

Populares