Seguir o O MINHO

Braga

PJ faz buscas em investigação relacionada com notária de Vieira do Minho e Amares

Suspeitas de peculato e falsificação de documentos

em

Foto: PJ/Arquivo

Uma notária nos concelhos de Vieira do Minho e Amares está sob suspeita da prática dos crimes de peculato e falsificação de documentos, decorrendo uma investigação da Polícia Judiciária que hoje cumpriu dez buscas domiciliárias e não domiciliários no âmbito deste caso.

Em comunicado, a PJ dá conta do cumprimento de mandados de busca e apreensão por parte de inspetores da Investigação Criminal de Braga, na sequência de um inquérito onde se encontra a notária, Susana Sousa, sob investigação.

Os mandados foram emitidos pelo DIAP “no âmbito de inquérito que corre termos contra uma ex-notária, por fortes suspeitas da prática de factos subsumíveis aos crimes de Peculato e Falsificação de Documentos”, esclarece a PJ, salientando que os “factos foram cometidos pela suspeita no exercício de funções, enquanto notária nos concelhos de Vieira do Minho e Amares”.

As buscas decorreram em Paços de Ferreira e foram presididas por Juiz de Instrução Criminal, acompanhadas pela Magistrada do Ministério Publico titular do inquérito e por representante da Ordem dos Advogados.

“Das diligências realizadas resultou a apreensão de considerável acervo documental e material informático”, destaca a mesma nota.

As investigações continuam a cargo da Polícia Judiciária.

Populares