Seguir o O MINHO

Barcelos

PJ deteve mãe de menina de 9 anos hospitalizada após incêndio numa casa em Barcelos

Suspeita de ter pegado fogo ao sofá

em

Foto: João Constantino / O MINHO

A Polícia Judiciária (PJ) de Braga deteve a mãe da menina de 9 anos que teve de ser hospitalizada após um incêndio numa habitação, ao final da tarde de terça-feira, em Vila Frescainha S. Martinho, Barcelos.

Em comunicado, a PJ refere que a mulher, de 36 anos, agiu por motivos passionais e num quadro de violência doméstica, ateando fogo à residência, com recurso a chama direta.

“Com tal conduta, provocou a destruição parcial do imóvel. Não fosse o rápido alerta por populares e a pronta intervenção dos Bombeiros e o incêndio teria consumido todo o edificado”, acrescenta o comunicado.

A PJ afirma ter recolhido “substanciais elementos de prova” de que foi a mulher a atear o fogo.

A detida será, entretanto, ouvida por um juiz de instrução criminal para aplicação das medidas de coação.

De acordo com a CMTV, trata-se de uma família numerosa, emigrantes brasileiros, que vive numa casa arrendada. Além da mulher agora detida, ali moram o marido desta e quatro filhos, bem como um outro familiar.

Como O MINHO noticiou, a menina de nove anos foi transportada ao hospital de Braga depois de ter inalado fumos de um incêndio que deflagrou numa moradia, junto ao supermercado Lidl.

Para o local foram mobilizados os Bombeiros de Barcelos, Bombeiros de Barcelinhos, Proteção Civil municipal, INEM e PSP.

O MINHO sabe que a mãe da criança teve necessidade de receber apoio psicológico por parte do INEM, por se encontrar em choque.

Notícia atualizada às 12h59 com comunicado da PJ.

EM FOCO

Populares