Seguir o O MINHO

País

Petição contra touradas recolhe 15 mil assinaturas em oito dias

Contra a classificação da tauromaquia como Património Cultural Imaterial de Portugal

em

Foto: DR / Arquivo

Um movimento anti-tourada criado através das redes sociais recolheu 15 mil assinaturas entre 3 e 11 de agosto, através de uma petição intitulada “Não em meu nome: Contra a classificação da tauromaquia como Património Cultural Imaterial de Portugal”.

A petição foi lançada pela plataforma “Basta de Touradas” e tem o objetivo de recolher 100 mil assinaturas de forma a demover as pretensões lançadas pela Câmara de Azambuja, que decidiu candidatar a tauromaquia a património imaterial de Portugal.

No ano de 2012, vários municípios declararam a tauromaquia como interesse público, como foi o caso da Comunidade Intermunicipal do Alto Alentejo, com 15 concelhos do distrito de Portalegre, que declararam a tauromaquia como Património Cultural Imaterial da região.

Populares