Seguir o O MINHO

Braga

Perto de 200 pessoas em vigília por polícia que morreu em Braga

José Fins

em

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Cerca de 200 pessoas, entre agentes, chefes da PSP e seus familiares, estiveram em vigília desde as 21:00 horas desta sexta-feira pela morte de José Fins, agente encontrado morto em casa na quinta-feira de manhã.

A vigília decorreu em frente ao edifício do Comando Distrital de Braga da PSP, com o chefe Carlos Esteves, diácono, a fazer uma arrepiante oração no centro da roda formada pelos polícias e familiares.

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

No final depositaram as velas junto a um monumento existente na praça e não contiveram a emoção.

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Alguns polícias queixaram-se de não haver apoio dos oficiais. Lamentam também que o Comando não tenha feito uma nota de pesar pelo desaparecimento de um dos seus.

Populares