Seguir o O MINHO

Cávado

Percussionista de Barcelos premiado na Coreia do Sul

em

Vídeo gravado em 2015 (YouTube Àlvaro Cortez)

O percussionista de Barcelos Álvaro Cortez foi laureado com o 3º Prémio no Jeju International Competition, prestigiado concurso que decorreu na Coreia do Sul, na segunda semana de agosto, noticia hoje o jornal Correio do Minho.

“[Estou feliz] tanto pelo prémio em si mas também pelo prestigio que este concurso acarreta. Foi quase um ano a trabalhar para este fim, tive muitas peripécias, muitas lágrimas, mas consegui. Acho que ainda vou demorar uns dias a processar esta aventura enorme.”, disse o jovem ao diário de Braga.

A “boa preparação na parte técnica e artística”, sem descurar a parte psicológica, é o segredo do seu sucesso.

“Ter muita atenção ao sono, dormir o necessário e da melhor forma. E, por fim, simular todos os passos do concurso. É claro que cada uma destas fases engloba muitos aspectos e pormenores importantes para a boa concretização do nosso objectivo”, disse.

O primeiro prémio não foi atribuído, o 2.º Prémio foi atribuído ao japonês Akihiro Oba.

Alvaro Cortez percussionista de Barcelos

Aos 23 anos, Álvaro Cortez  conta vários prémios no currículo, conforme enumera o Correio do Minho: 2º lugar no concurso ‘Anatólio Falè’ da cidade de Lagos em 2010; 1º lugar no concurso ‘Jovens Solistas’ da Capital Europeia da Cultura em 2012; 3º prémio no ‘Prémio Jovens Músicos”, nível superior em 2013; e o 1º prémio no prestigiado Concurso Musicale Europeu ‘Citta di Filadélfia’, em Itália. Tem tocado por todo o país e também em países como Itália, França, Reino Unido e Grécia.

Álvaro Cortez estudou no Conservatório de Música Calouste Gulbenkian de Braga e na Universidade do Minho e encontra-se atualmente a fazer mestrado no Royal Conservatoire of Antwerp, na Bélgica, com o professor Ludwig Albert.

 

logo Facebook Fique a par das Notícias de Barcelos. Siga O MINHO no Facebook. Clique aqui

EM FOCO

Populares