Seguir o O MINHO

Região

Penas de prisão para “gangue” que furtava carrinhas em Braga para vender às peças

em

Tribunal São João Novo

O Tribunal São João Novo, no Porto, condenou nove arguidos a penas de prisão, efetivas e suspensas, pelo furto de carros de mercadoria no Norte do país, incluindo o Minho, que eram desmantelados para venda de peças. As situações reportam-se a crimes efetuados em concelhos de Braga, Vila Verde e Guimarães.


Segundo divulgação da Procuradoria-Geral Distrital (PDG) do Porto na “sua” página oficial, quatro dos arguidos foram condenados a penas de prisão efetiva entre os dois e seis anos, tendo os outros cinco sido condenados a penas de prisão, suspensas na execução, entre os dois e três anos.

Os factos aconteceram entre 2011 e 2014 e consistiam no furto de carros, quase todos de mercadoria, que depois eram desmantelados em armazéns com vista à venda das peças, indica a PGD.

Anúncio

Região

Risco elevado de exposição a raios ultravioleta nos distritos de Braga e Viana

IPMA

em

Foto: DR / Arquivo

Dez distritos de Portugal continental e a ilha da Madeira apresentam hoje um risco extremo de exposição à radiação ultravioleta (UV), segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Em risco extremo estão os distritos de Vila Real, Bragança, Viseu, Guarda, Coimbra, Castelo Branco, Santarém, Portalegre, Évora, Beja e a ilha da Madeira.

Para estes distritos com risco extremo, o IPMA recomenda que se evite o mais possível a exposição ao sol.

Ainda no continente, os distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Aveiro, Leiria, Lisboa, Setúbal e Faro estão sujeitos a níveis muito elevados de exposição à radiação UV.

As ilhas do Porto Santo, Faial e Flores (nos Açores) estão com níveis muito elevado e S. Miguel e Terceira (Açores) apresentam risco elevado.

Para as regiões com risco muito elevado, o IPMA aconselha a utilização de óculos de sol com filtro UV, chapéu, ‘t-shirt’, guarda-sol, protetor solar e evitar a exposição das crianças ao Sol.

O cálculo é feito com base nos valores observados às 13:00 de cada dia relativamente à temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.

Continuar a ler

Braga

Faz hoje um ano que o Bom Jesus de Braga foi classificado Património Mundial da UNESCO

Efeméride

em

Foto: DR / Arquivo

Neste dia, 7 de julho, no ano passado, o Santuário do Bom Jesus, em Braga, era classificado como Património Cultural Mundial da UNESCO.

A decisão foi tomada na 43.ª Sessão do Comité do Património, Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO), que decorreu em Baku, no Azerbaijão.

Na mesma data, também o conjunto composto pelo Palácio, Basílica, Convento, Jardim do Cerco e Tapada de Mafra também receberam igual classificação.

Santuário do Bom Jesus classificado Património Mundial da UNESCO

A Confraria do Bom Jesus vai assinalar, esta terça-feira, a celebração do primeiro aniversário do Santuário do Bom Jesus como Património Mundial da UNESCO.

Assim, pelas 11:00 horas, dá-se a inauguração do Espaço Museológico do Coro Alto e Torre Sineira, com a presença do arcebispo D. Jorge Ortiga e do presidente da Câmara de Braga. Ricardo Rio.

Foto: O MINHO

Foto: O MINHO

Foto: O MINHO

Foto: DR

Foto: DR

Pelas 12:00 horas, será realizado o toque dos Sinos da Basílica do Bom Jesus. Pelas 18:00 horas, uma sessão de parabéns ao Bom Jesus pelo Coro Académico da Universidade do Minho, com transmissão online.

Santuário do Bom Jesus classificado Património Mundial da UNESCO

Para finalizar as cerimónias, a partir das 18:15 horas, inicia o webinar “Bom Jesus Património Mundial: onde estamos e para onde vamos?”, também com transmissão online.

Continuar a ler

Braga

Juventude Popular de Braga reeleita melhor Concelhia do país

Política

em

Foto: DR / Arquivo

A Juventude Popular de Braga foi distinguida, no último Conselho Nacional, em Ponte de Lima, como a Melhor Concelhia do país, tendo-lhe sido atribuído, pelo segundo ano consecutivo, o Prémio Adelino Amaro da Costa.

Em comunicado, a Juventude Popular de Braga considera que “este prémio é o reconhecimento interno que culmina de um ano de trabalho, espírito de equipa e responsabilidade”.

“A Juventude Popular de Braga agradece a todos os dirigentes, militantes e simpatizantes, que cada dia dão o melhor de si em prol da estrutura, do Partido, da cidade e do país”, refere o comunicado na sua página de Facebook, citando o fundador do CDS, que dá nome ao prémio, Adelino Amaro da Costa: “A Juventude não é instalada”.

Continuar a ler

Populares