Seguir o O MINHO

Região

Penas até sete anos de prisão para traficantes do Porto que ‘abasteciam’ Braga e Viana

Justiça

em

Foto: DR / Arquivo

Penas de prisão entre 10 meses e sete anos foram hoje aplicadas a 20 dos 25 arguidos num processo por tráfico de droga em nove distritos, entre os quais Braga e Viana do Castelo, a partir do Bairro do Aleixo, no Porto.


Num acórdão, lido num pavilhão anexo à cadeia de Paços de Ferreira, no distrito do Porto, um coletivo de juízes da Instância Central Criminal do Porto determinou que as penas de 11 dos 20 condenados ficam suspensas na sua execução, disse à agência Lusa uma fonte envolvida no julgamento.

No processo estava acusada uma 26.ª pessoa, que entretanto morreu.

O julgamento iniciou-se em janeiro no tribunal de São João Novo, no Porto, sendo suspenso em março devido à pandemia de covid-19, e reatado em junho, já no pavilhão anexo ao estabelecimento prisional de Paços de Ferreira.

A fonte contactada pela Lusa disse que a opção pelo pavilhão anexo à cadeia teve em conta que o espaço é mais adequado do que a sala de audiências para salvaguardar a saúde dos intervenientes processuais face aos riscos associados ao novo coronavírus.

Na sequência de uma operação policial que deu origem a este processo criminal, 10 dos 25 arguidos do processo foram colocados em prisão preventiva, mas nenhum em Paços de Ferreira, repartindo-se antes por cadeias de Matosinhos – Custóias e Santa Cruz do Bispo.

De acordo com o Ministério Público, os arguidos atuavam a partir do Bairro do Aleixo, vendendo a droga para clientes dos distritos do Porto, Braga, Viana, Vila Real, Bragança, Guarda, Viseu, Coimbra e Leiria.

O grupo “Falcão”, como era conhecido, foi desmantelado em fevereiro de 2019, culminando pelo menos dois anos de investigação, numa megaoperação da Divisão de Investigação Criminal da PSP/Porto, que envolveu 300 operacionais.

Os suspeitos atuavam “em rede e de forma hierarquizada” referiram as autoridades, sublinhando a existência de relações familiares entre os “principais intervenientes”.

Na ocasião foram detidas 15 das pessoas agora arguidas e a polícia apreendeu 80 mil euros e mais de 39 mil doses de estupefacientes em 43 buscas domiciliárias, maioritariamente no Bairro do Aleixo, mas também nos bairros da Pasteleira e Pinheiro Torres, todos no Porto, e ainda em Vila Nova de Gaia, em Freamunde, concelho de Paços de Ferreira, e no Estabelecimento Prisional de Custóias, em Matosinhos.

Entre outras drogas apreendidas contaram-se 3,2 quilos de heroína, 1,3 quilos de cocaína e 210 gramas de haxixe.

Além disso, a PSP confiscou balanças, telemóveis, 100 mil euros, armas, soqueiras e carros de alta cilindrada.

Anúncio

Alto Minho

Pedófilo detido em Valença obrigava menor a enviar fotos nu pelo WhatsApp

Crime

em

Foto: DR

A Polícia Judiciária (PJ) deteve um homem, de 26 anos, residente em Valença, suspeito de crimes de abuso sexual de crianças e de pornografia de menores.

Em comunicado, a PJ explica que o detido, sem ocupação profissional definida, “conheceu a vítima, um menor com 13 anos de idade e residente na zona de Aveiro, através da rede social Instagram, tendo primeiramente trocado com ele conversas de natureza sexual. Depois, usando a aplicação WhatsApp, enviou-lhe vídeos de cariz sexual, instando o jovem a enviar-lhe fotos íntimas e a filmar-se desnudado, usando o telemóvel para esse efeito”.

Segundo o Jornal de Notícias, quando o menor se recusou a continuar, o predador recorreu à chantagem. A irmã estranhou o comportamento do menor e alertou os pais que acabaram por pressionar o rapaz a confessar o caso.

O suspeito “apresenta propensão para comportamentos predatórios, desenvolvidos nas redes sociais, tendo já antecedentes criminais da mesma natureza, pelo que a investigação vai prosseguir no sentido de determinar a verdadeira extensão da sua atividade delituosa”, refere a PJ.

Presente a juiz na comarca de Aveiro, foram-lhe aplicadas as medidas de coação de apresentações bissemanais no posto policial da área de residência, proibição de contactos com a vítima por qualquer meio e proibição de aceder à Internet.

Continuar a ler

Braga

Carro de emigrante roubado no Gerês recuperado em Famalicão

GNR

em

Foto: DR

A GNR recuperou um carro que tinha roubado, na tarde da passada sexta-feira, enquanto a proprietária, emigrante, estava a desfrutar das férias, no rio Caldo, no Gerês, Terras de Bouro.

O Mercedes Class A com matrícula luxemburguesa foi localizado, pelo Núcleo de Investigação Criminal da GNR de Braga, numa garagem em Brufe, Famalicão.

“No âmbito de uma denúncia de um furto de veículo no Gerês no dia 7 de agosto, avaliado em 40 mil euros, os militares da Guarda encetaram diligências policiais que permitiram encontrar o veículo estacionado numa garagem na localidade de Brufe”, explica a GNR, em comunicado.

Durante a ação, foi constituído arguido um homem de 37 anos por recetação de veículo furtado.

Os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Braga e o veículo devolvido à proprietária.

Continuar a ler

Região

Pré-finalista do distrito de Braga nas 7 Maravilhas apurado hoje em Póvoa de Lanhoso

Cultura Popular

em

Foto: DR / Arquivo

Em Póvoa de Lanhoso, esta terça-feira, é apurado um pré-finalista dos candidatos do distrito de Braga às 7 Maravilhas da Cultura Popular.

A iniciativa pode ser acompanhada em direto na RTP1.

As votações podem ser feitas até às 17:00.

Os 7 finalistas do distrito de Braga às 7 maravilhas da cultura popular

Banda Plástica de Barcelos, Festas de São João de Braga, Figurado de Barcelos, Filigrana da Póvoa de Lanhoso, Gigantones e Cabeçudos de Braga, Lenços de Namorados de Vila Verde e a Lenda do Galo de Barcelos são os sete finalistas do distrito de Braga ao concurso 7 Maravilhas da Cultura Popular.

Já pode votar nos finalistas dos distritos de Braga e Viana das 7 Maravilhas de Portugal

De acordo com o regulamento do concurso, estes sete finalistas vão a votos (escolha do público) durante os meses de julho e agosto, durante um programa exibido na RTP. Apenas um será escolhido para representar o distrito nas meias-finais, podendo, no entanto, existir repescagem de finalistas do mesmo distrito.

Continuar a ler

Populares