Seguir o O MINHO

Alto Minho

Pau com 30 metros levantado no domingo em tradição que anuncia romaria em Monção

Longos Vales

em

Foto: DR / Arquivo

Mais de 100 pessoas de Longos Vales, em Monção, cumprem no domingo a tradição centenária de “Levantar o Pau”, que este ano terá 30 metros e anuncia as festas da aldeia, revelou hoje à Lusa fonte da organização.

“Normalmente, o pau costuma ter entre 27 a 28 metros de extensão. Este ano terá 30 metros e será levantado, com recurso a quatro cordas, puxadas por cerca de cem pessoas da freguesia”, disse à Lusa Márcio Ferreira, da organização da tradição daquele concelho do distrito de Viana do Castelo.

O pau, um eucalipto, é escolhido pela ‘quadra’ que percorre os montes da aldeia. Uma vez cortado, é pintado às cores para ser “levantado” com a ajuda de quatro cordas entrelaçadas. E uma vez levantado, é enterrado para se manter hasteado até 31 de dezembro.

“O pau é levantado sempre no primeiro ou segundo fim de semana de junho para anunciar as festas, mas fica enterrado até 31 de dezembro. É retirado nesse dia porque no dia 01 de janeiro do novo ano já entra outra ‘quadra’ para tomar conta da festa”, explicou.

O Levantamento do Pau da Bandeira é o primeiro momento da festa em honra do padroeiro da freguesia, São João Baptista, que se realiza entre os dias 20 e 24.

Para a organização da romaria, a freguesia divide-se em cinco partes, designadas por ‘quadras’, um conjunto de vários lugares que, a cada ano, tem a responsabilidade de organizar a festa.

Márcio Ferreira integra a ‘quadra’ que este ano tem nas mãos a preparação da romaria e do levantamento do pau da bandeira, a enterrar junto ao mosteiro de São João Baptista, padroeiro de Longos Vales.

Inicialmente a tradição permitia apenas a participação de homens, mas nos últimos anos as mulheres têm vindo a “juntar a sua força” à tradição.

A tradição secular leva àquela freguesia cada vez mais curiosos. A “rivalidade”, entre ‘quadras’ é cada vez maior, tentando cada uma delas a fazer a melhor festa possível.

No domingo, a tradição começa com o cortejo que parte cerca das 14:30 da quinta de Santo Amaro em direção ao mosteiro.

O desfile integra um conjunto de tratores, ornamentados, cumprindo uma tradição agrícola da freguesia que terá como tema o milho.

As festas regressam de 20 a 24 de junho com um programa “dividido entre o religioso e o profano”.

Anúncio

Viana do Castelo

Viana: Pagaqui disponibiliza serviço de venda de criptomoedas

Criptomoedas

em

Foto: DR / Arquivo

A portuguesa Pagaqui, especializada na transação de pagamentos, informou esta segunda-feira ter disponibilizado um novo serviço de venda de criptomoedas, nos mais de três mil pontos de venda do país, incluindo os 63 situados no distrito de Viana do Castelo.

Em comunicado, a empresa adiantou que “através da parceria com a Bitnovo, ‘startup’ espanhola que tem como objetivo facilitar o acesso à compra de criptomoedas existentes no mercado e uma das empresas mais competitivas a nível europeu, a Pagaqui irá disponibilizar vouchers da Bitnovo para comprar criptomoedas como a Bitcoin, Ethereum, a Dash, entre outras”.

“A constante mudança do paradigma tecnológico de que somos alvos diariamente, cria na Pagaqui a necessidade de responder, cada vez mais rápido e de melhor forma ao perfil dos nossos utilizadores. O mercado das criptomoedas é para nós um desafio muito importante e fulcral para o crescimento da empresa. Através de uma forma fácil, rápida e segura, os utilizadores Pagaqui poderão comprar criptomoedas através de vouchers disponíveis nos nossos pontos de norte a sul do país. Estamos, assim, a facilitar o acesso às criptomoedas, de forma inovadora em Portugal”, adiantou João Barros, diretor executivo da Pagaqui, citado na nota.

Continuar a ler

Viana do Castelo

Torres do futuro parque eólico de Viana transportadas para o alto mar – vídeo

O parque eólico que terá uma capacidade instalada de 25 megawatt (MW), capaz de produzir eletricidade suficiente para abastecer cerca de 60 mil habitações por ano

em

Foto: Divulgação

A primeira plataforma flutuante do projeto Windfloat Atlantic, primeiro parque eólico da Europa continental, já está a ser transportada para alto mar, onde ficará instalada, a 20 quilómetros de Viana do Castelo, informou o consórcio Windplus.

Continuar a ler

Ponte de Lima

Reaberto acesso à A27 mais de oito horas após acidente com camião em Ponte de Lima

Acidente

em

Foto Ilustrativa / Brisa (Arquivo)

O acesso à Autoestrada 27 (A27), em Refóios do Lima, Ponte de Lima, foi reaberto cerca das 17:50 depois de ter estado cortado, desde as 09:09, devido ao despiste de um camião, disse à Lusa fonte da GNR.

O camião, espanhol, que transportava madeira, despistou-se e tombou hoje, cerca das 08:56, naquele nó de acesso à A27, espalhando a carga e derramando gasóleo. Do acidente não resultaram feridos.

Em causa está o acesso, em Refóios do Lima, na transição entre a autoestrada A3 (Porto/Valença), e a A27, no sentido Ponte de Lima/Viana do Castelo.

Anteriormente, fonte da GNR adiantou que, devido ao derrame de gasóleo, foi acionado o Núcleo de Proteção do Ambiente e os meios para lavagem do pavimento.

A mesma fonte explicou que a madeira que o camião transportava “espalhou-se para a berma da estrada e para um talude”.

O motorista do camião, “pertencente a uma empresa espanhola, solicitou outro camião para fazer o transbordo da madeira”.

Ao local compareceram meios dos bombeiros de Ponte de Lima, com uma ambulância e dois operacionais, a GNR e a concessionária da Auto-Estradas Norte Litoral.

Continuar a ler

Populares