Seguir o O MINHO

Alto Minho

Partido Popular Monárquico de Ponte de Lima acusa município de abandonar a estrada da Boalhosa

em

A concelhia de Ponte de Lima do Partido Popular Monárquico (PPM) criticou, esta terça-feira, a estrada que liga Ponte de Lima à Boalhosa, afirmando que não aceitam que se “espere mais mortes para se remendar esta via”.

Em comunicado, o PPM relembrou que já avisou a Câmara Municipal de Ponte de Lima (CMPL) dos perigos desta estrada o ano passado, depois de ter existido neste local um acidente mortal.

“Nessa altura, o PPM alertou para as péssimas condições da via. De nada adiantou, a vida dos munícipes vale menos que zero para quem decide. Desde que a CMPL tem a seu cargo esta via que arriscamos dizer que a mesma foi abandonada”, acusou o Partido, acrescentando que “esta estrada é um convite ao acidente”.

“Não poderemos, pelo menos nós, ficar calados com tamanha irresponsabilidade, com tamanho desprezo pelas gentes destas freguesias, com os limianos. Hoje revisitamos o fatídico local, são 12 quilómetros de estrada que pouco se aproveitam em termos de segurança. Esta estrada é um convite ao acidente”, refere o mesmo comunicado.

criticas a estrada da boalhosa ptlima

As más marcações da estrada, a falta de marcações de limite de estrada e bermas, a falta de sinalização, a falta de limpeza, só existirem barras/ rails de proteção de Serdedelo até Armada, a falta de luminosidade, a parte da estrada junto ás ribanceiras estar “partida” e as paragens para os transportes localizadas em locais impróprios foram as principais queixas apresentadas pelo PPM.

“Se a CMPL espera resolver o problema com a proibição de circulação a velocidade superior a um carro de bois, desengane-se”, reforçou a concelhia de Ponte de Lima do Partido Popular Monárquico.

 

logo Facebook Fique a par das Notícias de Ponte de Lima. Siga O MINHO no Facebook. Clique aqui

Populares