Participantes da Escola do Rock na abertura da 25.ª edição de festival de Paredes de Coura

O espetáculo final a produzido pelos participantes na Escola do Rock, uma residência artística que ocorre entre 18 e 23 de dezembro, vai abrir a 25.ª edição do festival de Paredes de Coura, anunciou hoje à Lusa a organização.

De acordo com o diretor artístico da Escola do Rock, Nuno Alves, o concerto a produzir pelos participantes na terceira edição daquela residência artística dedicada ao rock será “uma das novidades que a organização do festival de música vai incluir no programa comemorativo dos 25 anos de Paredes de Coura”.

Em 2017 o festival vai decorrer nos 16, 17, 18 e 19 de agosto. Este ano perto de 100 mil pessoas assistiram aos quatro dias de concertos.

Antes, o espetáculo vai ser apresentado, no dia 23 de dezembro, no centro cultural de Paredes de Coura, “como resultado das competências musicais e criativas, em especial na área da música rock, adquiridas ao longo dos seis dias de formação”.

Segundo Nuno Alves, do Space Ensamble “as inscrições para a Escola do Rock ainda estão a decorrer mas, nesta altura, estão já inscritos 30 participantes, sendo que o número limite é de 50 jovens“.

Aquela residência artística, que levou Paredes de Coura a vencer o Prémio Município do Ano 2015, atribuído pela Universidade do Minho, decorre sempre durante a pausa letiva do Natal.

Destina-se a músicos de todo o país e de todas as nacionalidades, com mais de 14 anos que entre 18 e 23 de dezembro, “terão formação intensiva, experimentação e partilha”.

Após os ensaios, durante o dia, “os participantes terão oportunidade de assistir aos concertos noturnos que integram o programa paralelo da iniciativa e que são também abertos à comunidade”.

A banda d3o, que atuou em 1994 do Festival de Paredes de Coura, é cabeça de cartaz do programa paralelo da Escola do Rock.

Nuno Alves explicou que aquele trio “é liderado por Tony Fortuna, que foi vocalista do Tédio Boys, uma banda de Coimbra que atuou na edição de 1994 do Festival de Paredes de Coura, tendo sido um dos concertos mais marcantes dos primeiros anos do festival”.

Além dos d3o, o programa de animação que decorre após os ensaios da terceira edição da residência artística dedicada ao rock, inclui nomes como os Areia nos Calções, banda composta por dois irmãos de 12 e 17 anos, de Monção e que vão participar na Escola do Rock, The Sunflowers + Fugly e os Cave Story.

O programa inclui ainda jam sessions e um ‘workshop’ intitulado Touch&Play com JuanMa Lodo, um galego, multi-instrumentista e videogravo. Esta ação destina, durante a manhã às crianças dos e, à tarde, para os participantes na Escola do Rock.

Este ano, os ensaios, concertos e ‘workshop’ vão decorrer na Caixa da Música, um espaço que “a Câmara de Paredes de Coura criou com o propósito de dinamizar e de criar condições para o desenvolvimento de projetos na área da música Rock, e que vai funcionar durante seis dias como um clube de rock, a qualquer hora”.

 

logo Facebook Fique a par das Notícias de Paredes de Coura. Siga O MINHO no Facebook. Clique aqui

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Chegou a Neve ao Alto Minho

Próximo Artigo

Homem condenado por sexo com menina com quem casou segundo os costumes ciganos

Artigos Relacionados
x