Seguir o O MINHO

Alto Minho

Parque Peneda Gerês enfrenta “elevado abandono” e “envelhecimento profundo”

Considerações do projeto RevitAgri-PNPG do Instituto Politécnico de Viana do Castelo

em

Foto: O MINHO

A coordenadora do projeto RevitAgri-PNPG, Ana Paula Vale, disse hoje em Arcos de Valdevez, que o Parque Nacional da Peneda Gerês apresenta “um elevado abandono por parte de população e um envelhecimento profundo”.

Em comunicado, o Instituto Politécnico de Viana do Castelo (IPVC), referiu que a responsável, que falava durante o I Congresso Internacional para a Revitalização do Mundo Rural, que decorre até sábado, considerou aquele projeto veio “confirmar algumas suspeitas”.

“Nomeadamente a do abandono em termos de população no parque nacional, o envelhecimento profundo, embora com alguns bons exemplos, como o caso de alguns jovens que se instalaram e estão de uma forma muito positiva a dinamizar alguns setores, nomeadamente a apicultura”, referiu Ana Paula Vale, citada na nota.

O congresso que começou esta quinta-feira encerra o projeto RevitAgri-PNPG, que “consiste numa análise das empresas de agronegócio” do único parque nacional, “relativamente ao seu potencial de inovação, à melhoria dos circuitos de comercialização e à identificação de redes de cooperação que visem uma maior rentabilização dos recursos e uma melhoria de posicionamento dos produtos no mercado”.

O projeto trabalhou ainda outros setores como o do fumeiro, as plantas aromáticas.

“Têm ainda pouca expressão, esperando-se que fosse muito superior uma vez que se ouve falar muito nas plantas aromáticas do parque. A verdade é que pessoas que estão a trabalhar de uma forma profissional a comercialização destas plantas são ainda muito poucas”, destacou Ana Paula Vale.

A coordenadora do projeto deixou ainda um “alerta” para o setor da produção animal, “que preocupou os técnicos do projeto”.

“Sobretudo no que diz respeito às raças autóctones. A produção da raça cachena está fortemente localizada em Arcos de Valdevez e Ponte da Barca. Existem alguns problemas que terão que ser resolvidos, quer pela concentração de animais, quer pela própria comercialização dos animais e da carne. Este é um setor que deverá ter continuidade em termos de trabalho”, defendeu.

Entre as conclusões do projeto Revitagri apontou “alguns bons exemplos de jovens que se instalaram e que estão de uma forma muito positiva a dinamizar alguns setores no PNPG”.

A coordenadora do projeto, Ana Paula Vale, explicou ainda que o RevitAgri-PNPG, iniciado em 2017, distinguiu-se de outros desenvolvidos no parque mais direcionados para a biodiversidade e caracterização da biodiversidade”, pelo “cariz social”, ao “trabalhar para as pessoas e com as pessoas, para os produtores”.

O projeto foi desenvolvido desde maio de 2017 e envolveu ainda técnicos das outras escolas superiores do IPVC como a de Ciências Empresariais e a Agrária, entre outras entidades.

O congresso de encerramento do projeto, que decorre até sábado na Casa das Artes, em Arcos de Valdevez, com o apoio da Câmara local “tem como principal objetivo promover o agronegócio existente no mundo rural, contando com a presença de oradores nacionais e internacionais, que irão mostrar diferentes pontos de vista e novas estratégias, para um futuro próspero do agronegócio no PNPG”.

Anúncio

Viana do Castelo

Viana: Emília Cerqueira e Jorge Mendes eleitos para a coordenação de comissões parlamentares

A deputada vai coordenar o Grupo Parlamentar do PSD nas matérias relacionadas com a problemática do Mundo Rural e do Mar

em

Emília Cerqueira e Jorge Mendes, deputados eleitos por Viana. Foto: Divulgação

Os deputados do PSD escolheram, na quinta-feira, os Coordenadores e Vice-coordenadores do partido nas Comissões Parlamentares Permanentes, tendo sido eleitos os deputados do PSD do distrito de Viana do Castelo, Emília Cerqueira e Jorge Mendes.

Emília Cerqueira foi eleita coordenadora da Comissão de Agricultura e Mar onde passa a coordenar o Grupo Parlamentar do PSD nas matérias relacionadas com a problemática do Mundo Rural e do Mar.

Jorge Mendes, por seu lado, foi eleito vice-coordenador na Comissão de Economia, Inovação, Obras Públicas e Habitação onde exercerá as funções de coadjuvação na coordenação do Grupo Parlamentar nas áreas da Economia, Inovação, Obras Públicas e Habitação.

“Com esta eleição para cargos de coordenação, os deputados do PSD, eleitos pelo Alto Minho, assumem um papel relevante na condução dos interesses da nossa região e reunirão condições privilegiadas para colocar o distrito na centralidade da agenda política”, referem os deputados em nota de imprensa.

Continuar a ler

Viana do Castelo

Estação Salva-Vidas de Viana resgata tripulante de cargueiro com problemas de saúde

Resgate

em

Foto: Divulgação

Um tripulante de um cargueiro, que estava com problemas de saúde, foi resgatado, esta sexta-feira à noite, pela Estação Salva-Vidas de Viana do Castelo.

De acordo com o capitão de porto e comandante da Polícia Marítima de Viana do Castelo, Sameiro Matias, citado pela Rádio Alto Minho, o homem resgatar tem 50 anos, é de nacionalidade estrangeira e queixava-se de um problema ocular, necessitando de cuidados médicos.

A operação de resgate, a cerca de 50 milhas da costa vianense, teve início às 17:00 horas, mobilizando vários meios de emergência, terminando por volta das 20:30.

Ondas com seis metros de altura

Face à intensa agitação marítima, o capitão destacou o resgate por entre ondas que iam “dos quatro aos seis metros”.

“O navio navegava a cerca de 50 milhas da costa e aproximou-se até às 16/18 milhas para permitir a manobra do salva-vidas Atento e o resgate do tripulante. Concluída a operação o navio prosseguiu viagem”, disse o capitão, citado pela mesma fonte.

Continuar a ler

Viana do Castelo

Viana vai ter uma “Praça Natal”

Na Praça da República

em

Foto: Divulgação

A Praça da República, ex-libris de Viana do Castelo, vai ser transformada em Praça Natal, decorada e com animação própria da época festiva que se avizinha, foi anunciado nesta sexta-feira.

Um carrossel parisiense, a casa do Pai Natal, trenó do Pai Natal são algumas das atividades que vão decorrer naquela praça do centro histórico de Viana do Castelo.

O programa foi apresentado esta sexta-feira pelo presidente da Câmara de Viana do Castelo, em conferência de imprensa, após a assinatura de um protocolo de cooperação com a associação empresarial, responsável pela iluminação de 22 ruas, avenidas e praças da cidade, num investimento de 122 mil euros, “um acréscimo de 50 mil euros em relação ao ano passado”.

A Praça Natal e a iluminação começam no dia 30, pelas 18:00 e permanecem até 06 de janeiro.

Continuar a ler

EM FOCO

Anúncio

ÚLTIMAS

Vamos Ajudar?

Reportagens da Semana

Populares