Seguir o O MINHO

Alto Minho

Parque Nacional da Peneda-Gerês vai ter estação internacional de investigação

Branda Científica em Arcos de Valdevez

em

Foto: Divulgação / CM Arcos de Valdevez

A associação BIOPOLIS e a Câmara de Arcos de Valdevez apresentam na sexta-feira o projeto da Branda Científica de São Bento do Cando, que prevê a construção de uma estação internacional de investigação no Parque da Peneda-Gerês.

Em comunicado, a associação BIOPOLIS revela que em “pleno coração” do Parque Nacional da Peneda-Gerês vai ser construída uma estação internacional de investigação para apoiar os trabalhos dos investigadores na região.

O projeto da Branda Científica de São Bento do Cando vai apoiar as investigações nas áreas do restauro da biodiversidade e ecossistemas na Europa, bem como da gestão sustentável dos recursos naturais, nomeadamente das montanhas, “que são verdadeiras sentinelas das alterações climáticas”.

Ao mesmo tempo, o projeto irá apoiar a investigação sobre os recursos culturais que integram a paisagem no âmbito da Convenção Europeia da Paisagem.

Na região decorrem já trabalhos de investigação em áreas como a arqueologia e eocologia, que levaram à descrição de novas espécies para a ciência e novos sistemas de monitorização da biodiversidade.

“Agora, esses trabalhos irão ter o apoio infraestrutural que lhe permitirão abraçar novos desafios científicos”, salienta a associação BIOPOLIS.

A Branda Científica de São Bento do Cando vai também acolher cursos de doutoramento e mestrado de curta duração e trabalhos de campo.

Além de alojamentos, o projeto prevê também um conjunto de laboratórios de suporte, que irão funcionar como espaço de apoio a ‘workshops’ com investigadores.

“Será intervencionado um conjunto de edifícios da Confraria de São Bento do Cando, dando-lhes novos usos e mantendo o apoio sazonal aos peregrinos que acorrem a esta aldeia”, adianta a associação.

O projeto conta com o apoio do Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, do Ministério da Coesão Territorial, da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDR-N) e da Função para a Ciência e Tecnologia (FCT).

O projeto da Branda Científica de São Bento do Cando será apresentado na sexta-feira, pelas 15:00, pela associação BIOPOLIS e pela Câmara Municipal de Arcos de Valdevez.

Durante o evento será também assinado o “Acordo de Cooperação da Branda Científica” com a Universidade do Porto, Universidade do Minho, Universidade de Trás-os-Montes, Instituto Politécnico de Viana do Castelo, Instituto Politécnico de Bragança, Universidade de Vigo e Universidade de Santiago de Compostela.

EM FOCO

Populares