Seguir o O MINHO

Braga

Parque Industrial de Sobreposta é estratégico para Braga

em

O Parque Industrial de Sobreposta vai transformar-se num dos grandes motores de desenvolvimento e de captação de novos projetos para o concelho. A ideia foi defendida, esta quarta-feira, pelo presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, durante a visita realizada à ‘BRAMP’, no âmbito da iniciativa ‘Embaixador Empresarial’.

Na ocasião, Ricardo Rio enalteceu o facto da ‘BRAMP’ – empresa que se dedica à produção de componentes e produtos em plástico injectado – se ter ‘deslocalizado’ para a Sobreposta no final do ano passado, reaproveitando um espaço que se encontrava desocupado.

O Edil defendeu a necessidade de se apostar na lógica de gestão partilhada, passível de criar verdadeiros “condomínios empresariais”.

“Questões como os acessos ou a criação de infra-estruturas partilhadas são áreas que podemos trabalhar, nalguns casos mediante financiamento direto da Câmara Municipal, noutros, com a parceria dos próprios empresários”, sustentou.

Com um impacto económico e social muito relevante, a ‘BRAMP’ é um bom exemplo de uma “empresa que está em Braga, que continua a crescer e a fazer a diferença no nosso concelho”. Segundo Ricardo Rio, este exemplo demonstra igualmente que a estratégia não passa apenas por captar novos investimentos, mas também por “apoiar as empresas que queiram expandir a sua atividade e contribuir para o aumento da riqueza e do emprego”.

Parque Industrial de Sobreposta

Já Carlos Oliveira, presidente da InvestBraga, destacou o investimento realizado pela BRAMP na reconversão de um espaço que estava desocupado, numa clara aposta na reindustrialização.

“Este é um exemplo da reindustrialização do século XXI, sustentável, que se integra no meio ambiente e se mantém competitiva”, referiu Carlos Oliveira, anunciando para novembro a realização de um fórum com a participação dos cerca de 20 Embaixadores Empresariais de Braga.

Segundo Constantino Silva, diretor-geral da BRAMP e o mais recente Embaixador Empresarial de Braga, a mudança para o Parque Industrial de Sobreposta representa um “salto significativo e uma nova fase de crescimento” para a empresa que, ainda este ano, avançará com a instalação de um sistema fotovoltaico.

Fundada em 1992, a BRAMP é uma empresa de referência nacional e internacional na área da produção de componentes e produtos em plástico injetado, que se dedica ao desenvolvimento de soluções para o setor automóvel, eletrónico e industrial. A empresa exporta um elevado volume de produtos para a Europa, Ásia, África e América.

Atualmente com 55 trabalhadores, a empresa viu recentemente aprovada uma candidatura no âmbito do Portugal 2020 que irá permitir a duplicação da produção, do número de colaboradores e do volume de vendas.

Parque Industrial de Sobreposta2

EM FOCO

Populares