Seguir o O MINHO

Futebol

“Parabéns ao Braga e ao Carlos [Carvalhal], alguém por quem tenho grande admiração”

Álvaro Pacheco

em

Foto: FC Vizela / Facebook

Declarações após o jogo entre SC Braga e Vizela (4-1), da 12.ª jornada da I Liga de futebol, que hoje decorreu em Braga.

Álvaro Pacheco (treinador do Vizela): “É uma vitória que não deixa dúvidas, o Braga foi muito melhor, sobretudo na primeira parte. Entrou para ganhar os duelos, estivemos com receio de ter bola e só nos preocupámos em defender. O Braga foi crescendo, ganhou confiança e fomos incapazes de saber gerir o jogo com bola. O adversário marcou e a primeira parte condicionou o jogo todo. Parabéns ao Sporting de Braga e ao Carlos [Carvalhal], alguém por quem tenho uma grande admiração, mas nós não tivemos mentalidade para ganhar o jogo.

Gostamos de ter bola, de ter espaços e o que faltou foi mentalidade. Sabíamos o que tínhamos de fazer, mas faltou dar a cara, de que forma preencher os espaços e os jogadores mostraram pouca coragem nesses espaços. Não foram capazes de tomar decisões e não ferimos o adversário. Não conseguimos, mas houve mérito do Braga, que anda a fazer uma campanha fantástica na Europa.

Os dois primeiros golos resultam do medo de ter bola, de tomar uma decisão. Perdemos a bola numa ligação sem nexo, sofremos um contra-ataque. E no penálti podíamos ter feito muito melhor. Não percebemos a forma como o jogo se estava a desenrolar. Temos de dar um salto mental nos próximos jogos.

Marcos Paulo ficou no banco porque esta semana teve um problema lombar e praticamente não treinou”.

Populares