Seguir o O MINHO

Braga

PAN quer fim do abate de animais para consumo na Quinta Pedagógica de Braga

Eleições autárquicas

em

Foto: Divulgação / PAN

O candidato do PAN à Câmara de Braga, Rafael Pinto, defende o fim do abate de animais para consumo na Quinta Pedagógica de Braga.

“A Quinta Pedagógica tem um potencial muito grande, mas a ideologia subjacente ao tratamento animal que aqui se pratica é completamente errada” afirmou o candidato, citado em comunicado, salientando que “educar para a exploração não é pedagogia, é especismo”.

“Ficamos chocados quando descobrimos que os animais se reproduzem na quinta e quando já não servem vão para abate, para carne. Isto está longe de representar o modelo que queremos aplicar aqui”, salientou, após visitar a Quinta Pedagógica com o objetivo de aprofundar o conhecimento sobre o funcionamento deste projeto e apresentar propostas do programa autárquico para o bem-estar dos animais da pecuária.

O partido quer transformar a quinta num centro de acolhimento de animais da pecuária que sejam vítimas de maus tratos ou abandono e abrir a gestão a voluntários e associações zoófilas.

“O modelo que queremos aplicar na Quinta Pedagógica é baseado naquilo que algumas associações já fazem, como por exemplo a Quinta das Águias em Paredes de Coura ou a Quintinha da Liz em Viseu, que funcionam como verdadeiros centros de educação e proteção animal”, afirmo.

À margem da visita o partido lançou ainda várias propostas como a contratação de mais veterinários municipais, pugnando pela existência de um veterinário em exclusividade no canil e outro para as restantes competências. Para além disto, o PAN quer a publicação anual de um relatório sobre o bem-estar animal no concelho que inclua dados estatísticos dos animais de companhia e pecuária.

Populares