Seguir o O MINHO

Ave

PAN promove limpeza do rio Pelhe em Famalicão

Eleições autárquicas

em

Foto: Divulgação / PAN

A concelhia do PAN de Famalicão organizou no sábado uma sessão de limpeza nas margens do rio Pelhe.

“Para nós é sempre chocante perceber que o rio Pelhe se encontra num estado de poluição extremamente avançada e agravada. Em Esmeriz, conseguimos recolher uma quantidade considerável de resíduos e o cheiro em quase todo o percurso do Pelhe é impossível de aguentar, algo que também já não nos surpreende. É notória a falta de interesse deste executivo pelos rios e pelo ambiente”, refere a candidata à Câmara, Sandra Pimenta, citada em comunicado enviado a O MINHO.

Os resíduos encontrados, segundo a concelhia, são variáveis, desde pneus, pedaços de brinquedos, restos de tecido, sacos, garrafas de plástico, além da carga orgânica existente que mostra que está a ser descarregado para o rio águas residuais sem qualquer tratamento.

“Desta forma, e para ficarmos alinhados com as políticas ambientais do século XXI, inserimos no nosso programa algumas medidas referentes à reabilitação dos meios hídricos. Desde logo, a criação de um programa de recuperação do rio Pelhe, das ribeiras e riachos famalicenses, procedendo à identificação dos focos de poluição, criar uma estratégia de despoluição em todo curso, recuperar as margens ribeirinhas e incentivar a participação cívica na proteção dos meios hídricos”, realça a candidata

Outra bandeira do programa do partido passa pela criação da figura municipal de protetores dos meios hídricos, reforçando a monitorização e fiscalização de descargas ilegais de efluentes. E, paralelamente, a realização de análises mensais em diferentes pontos dos cursos de água e em locais próximos às Estações de Tratamento de Águas Residuais (ETAR).

Populares