Seguir o O MINHO

Ave

PAN considera “lamentável” que candidato do PSD/CDS negue existência de pedreira em Famalicão

Eleições autárquicas

em

Foto: DR / Arquivo

A candidata do PAN à Câmara de Famalicão, Sandra Pimenta, considera “lamentável e inaceitável” a declaração do atual vereador e candidato da coligação PSD/CDS, Mário Passos, negando a existência de pedreiras no concelho de Famalicão, mais concretamente na freguesia da Portela.

“A questão dos impactos ambientais destas pedreiras têm de ser colocados em cima da mesa de uma vez por todas”, defende Sandra Pimenta, acrescentando que “em 2019 solicitamos esclarecimentos quer à Câmara Municipal, quer ao ministério do Ambiente relativamente à situação das pedreiras da Portela e nunca obtivemos resposta. Mais recentemente, e como resultado de uma explosão com graves impactos nas habitações desta freguesia, solicitamos uma fiscalização, sendo que até ao momento não recebemos qualquer relatório da mesma”.

O partido considera que Famalicão tem vindo a sofrer alterações paisagísticas muito negativas por força de decisões políticas pura e exclusivamente focadas no fator económico, sem qualquer equilíbrio e respeito ambiental, sendo que a situação da Portela é extremamente preocupante.

Assim, em matéria de proteção ambiental a candidatura considera fundamental a criação de uma comissão de acompanhamento para avaliar a implementação do Plano Diretor Municipal (PDM) relativamente aos diferentes usos do solo; a elaboração de um estudo sobre a pegada ecológica dos munícipes e da biocapacidade do concelho e a criação uma equipa permanente para análise do Impacto Ambiental das operações de loteamento, de urbanização e dos trabalhos de remodelação de terrenos em área não abrangida por operação de loteamento.

“Os pratos da balança estão preocupantemente desequilibrados no que diz respeito à proteção ambiental e à justiça intergeracional, por conta de um contínuo ignorar das prioridades que importa assegurar em matéria de sustentabilidade”, conclui Sandra Pimenta.

EM FOCO

Populares