Seguir o O MINHO

Cávado

Pai e filho acusados de homicídio por “pauladas” a vizinho em Terras de Bouro

em

O Tribunal Judicial de Braga profere a 29 de fevereiro a sentença de dois homens, pai e filho, acusados de homicídio qualificado na forma tentada, por agressões à paulada a um vizinho, em 2013, em Terras de Bouro.

Segundo a acusação do Ministério Público, os arguidos e a vítima mantinham há algum tempo um conflito por causa do regadio dos campos de cultivo, um conflito que terá subido de tom a 5 de junho de 2013, com uma discussão pública.

Entretanto, uns dias antes, a mulher do arguido mais velho “fez constar” que a vítima a teria tentado violar, o que, sublinha a acusação, “enfureceu os arguidos e fez despoletar a sua fúria”.

A 6 de julho, quando estava a apascentar o gado num local isolado, num baldio em Chamoim, a vítima foi atacada pelos dois arguidos, que o agrediram “de forma reiterada à paulada”, atingindo-a na cabeça, no tórax, no abdómen e nos braços e pernas.

“Acordaram tirar-lhe a vida”, refere a acusação.

A vítima caiu ao chão, “pela violência dos golpes e pelo sangue perdido”, mas os arguidos “continuaram” a agredi-la, até que ela perdeu os sentidos.

Nessa altura, empurraram a vítima “a pontapé” até uma ribanceira, onde a projetaram num silvado, “convencidos” de que ali morreria, e abandonaram o local.

A vítima foi encontrada “por circunstâncias fortuitas e imprevisíveis” pelo filho e por outro homem que ali se dirigiram para tratar de um negócio de lenha.

Foi uma cadela que os “conduziu” até ao local onde o ofendido se encontrava “desfalecido”.

Consequência das agressões, o homem teve de efetuar três cirurgias e esteve 391 dias de doença.

Entretanto, morreu em fevereiro de 2015, mas de morte natural, sem que se tivesse estabelecido qualquer relação com as agressões.

O arguido filho, de 31 anos, é bombeiro nos Voluntários de Terras de Bouro.

Em julgamento, e segundo fonte ligada ao processo, este arguido alegou que agiu em legítima defesa, para defender o pai das supostas agressões que a vítima lhe estaria a infligir.

logo Facebook Fique a par das Notícias de Terras de Bouro. Siga O MINHO no Facebook. Clique aqui

Anúncio

Barcelos

Barcelos: Tentou matar amigo por causa de uma cadela mas a pistola encravou

Vai ser julgado no Tribunal de Braga

em

Foto: Ilustrativa / DR

Eram amigos diários mas pegaram-se por causa de uma cadela. Um deles, José Maria, puxou de pistola e terá tentado matar o amigo. Vai ser julgado por tentativa de homicídio no Tribunal de Braga.

O arguido, de 65 anos, de Famalicão, mas residente em Vila do Conde, fez amizade, em 2014, com Ricardo, de quem era vizinho em Grimancelos, Barcelos. Faziam refeições juntos e privavam em convívio franco.

O José Maria tinha um cão, da raça chow-chow, e a namorada de Ricardo, Ana, ofereceu-lhe uma cadela da mesma raça, ficando combinado que aquele lhe daria um cãozinho, quando nascessem crias.

Nesse entretanto, o arguido mudou-se para as Caxinas, Vila do Conde.

Em março de 2017, e como este não cumprisse a promessa de lhe dar uma cria, Ricardo, acompanhado pela Ana e por um primo, procurou-o em casa; espreitou pelo muro e foi confrontado pelo arguido: “sai daqui. Não te quero aqui”, disse-lhe. Ao que o Ricardo respondeu: “estou na via pública”.

Puxa de revólver

Em resposta o José Maria deu-lhe uma chapada na cara e, no meio de empurrões, dirigiu-se para o carro onde tinha um revólver, uma Magnum calibre 7.65 mm: ”não sais daqui a bem, sais a mal!, gritou, disparando um tiro a três metros de distância que só não atingiu o ex-amigo “por sorte”.

O confronto continuou com o Ricardo a agarrar-lhe as mãos e a derrubá-lo, o que conseguiu embora tivesse, ainda, havido um disparo para o ar. De seguida, o primo e a namorada acabaram por imobilizar o agressor, tirando-lhe a arma. Chamada ao local, a GNR constatou que estava alcoolizado com 1,77 gramas por litro de sangue. Foi detido e está, agora, acusado pelo Ministério Público de homicídio tentado, posse de arma proíbida e uso e porte de arma sob efeito do álcool.

 

Notícia atualizada às 15h27, de 19 de novembro, com mais informação.

Continuar a ler

Cávado

Detido por ameaçar de morte ex-namorada e bombeiros em Esposende

Violência doméstica

em

Foto: DR / Arquivo

Um homem, de 50 anos, foi detido, este domingo, por militares do posto territorial de Esposende da Guarda Nacional Republicana (GNR), pelo crime de violência doméstica, anunciou hoje aquela força policial.

Em comunicado enviado a O MINHO, a GNR refere que a detenção foi efetuada “na sequência de duas situações de ameaças à ex-namorada”.

“A primeira no sábado e a segunda ontem, domingo, esta última diante de elementos dos Bombeiros Voluntários de Esposende que o estariam a tentar socorrer em virtude de estar alcoolizado e alterado”, refere.

Também vítimas de insultos e ameaças, os bombeiros alertaram os militares da guarda, que entretanto se deslocaram ao local e presenciaram as ofensas de morte proferidas contra à vitima, culminando assim na sua detenção.

O detido permaneceu nas instalações da Guarda, até ser presente hoje, dia 18 de novembro, ao Tribunal de Barcelos, para aplicação de medidas de coação.

Continuar a ler

Cávado

Natal em Esposende com “duendes” e pista de gelo ecológica

Programação de Natal

em

Foto: Divulgação

O espírito natalício está prestes a instalar-se em Esposende. Uma pista de gelo ecológica será a grande atração do espaço Duendelândia On Ice, na zona Ribeirinha de Esposende, onde também se realizará a festa de Passagem de Ano, estando garantida a presença de Joana D’Arc, DJ Pette e a sessão de Fogo de Artifício.

O ambiente encantado alcançará o seu expoente máximo com a Parada e Chegada do Pai Natal, com mais de 35 figurante, marcada para as 15:30 do dia 22 de dezembro, com desfile a sair do Largo Dr. Fonseca Lima, com passagem pela Rua 1.º de Dezembro, Largo Rodrigues Sampaio, terminando na zona ribeirinha, junto da Duendelândia On Ice.

A programação de Natal de Esposende apresenta muita animação e música para envolver a cidade no verdadeiro espírito natalício, com muitas surpresas para os principais destinatários desta quadra: as crianças.

A organização volta a reunir o Município de Esposende e a Associação Comercial e Industrial do Concelho de Esposende (ACICE), com as quais colaboram entidades e instituições locais que, através de um programa abrangente, dinamizam o comércio local.

As ruas de Esposende ganham brilho suplementar, já a partir das 19 horas do dia 27 de novembro, altura em que ocorrerá a cerimónia de ligação da iluminação de Natal, com o “Concerto Mais Pequeno de Natal”, protagonizado pelo Coro de Pequenos Cantores de Esposende, na Praça do Município.

A Duendelândia On Ice reunirá inúmeras atrações, centradas em jogos e animação, complementadas este ano pela magia que proporciona uma pista de gelo. Este espaço estará aberto ao público de 14 a 29 de dezembro, das 10:00 às 12:30 e das 14:30 às 18:30, na Zona Ribeirinha de Esposende.

Aos mais pequenos é proporcionada a experiência de explorar uma Floresta Duende, o Globo Duende, o Ski VR Realidade, a Casa do Pai Natal e insufláveis.

O espetáculo “A Árvore Livreira” subirá ao palco do Auditório Municipal de Esposende, nos dias 5, 6 e 8 de dezembro, com sessões destinadas a crianças das escolas de Esposende e ao público em geral.

Prosseguindo a forte aposta na educação ambiental, entre 7 de dezembro e 7 de janeiro estará patente a exposição “O Meu Natal é Ecológico”, no Centro Informação Turística de Esposende e o Centro de Educação Ambiental acolhe, a 7 de dezembro, uma oficina de “Arranjos Natalícios”.

Dia 7 de dezembro, a Igreja Paroquial de Apúlia recebe, às 21 horas, o Concerto CPCE, altura em que será lançado o disco AETERNUM e, no dia 8 de dezembro, às 17 horas, na Igreja Paroquial de Belinho, realiza-se o Concerto de Natal, pelo Coro Sénior de Esposende.

A Igreja Paroquial de S. Paio de Antas recebe, dia 14 de dezembro, o concerto de Natal “The Classic & Ensemble de Sopros da Banda de Antas”, às 21 horas.

Também o Coro Ars Vocalis protagonizará um concerto de Natal, no dia 21 de dezembro, pelas 21h30, no Auditório Municipal.

A Biblioteca Municipal Manuel Boaventura associa-se às atividades, com a Hora do Conto, no dia 15 de dezembro, pelas 16 horas, com a dramatização do conto “ZPLIM!! Dia e Noite Rumo ao Polo Norte!” e, nesse mesmo dia, entre as 10 e as 19 horas, o Largo Rodrigues Sampaio acolhe a Feira de Artesanato de Natal.

Nos dias 19 e 20 estão previstas para o Auditório Municipal sessões de cinema infantil, com o filme Frozen II – O reino do Gelo. O Museu Municipal de Esposende, a Casa da Juventude, o Centro de Educação Ambiental e o Centro Interpretativo de S. Lourenço acolhem oficinas, para preencher os tempos livres dos mais novos que se encontram em férias escolares.

Já em janeiro, dia 5, pelas 15 horas, o Auditório Municipal de Esposende acolhe os Cantares ao Menino e, a encerrar a programação, dia 11, realiza-se a Corrida de Ano Novo.

Continuar a ler

Populares