Seguir o O MINHO

Aqui Perto

Padre DJ de Guimarães usa redes sociais para partilhar ‘grandes malhas’ em tempos de quarentena

Padre Guilherme Peixoto

em

Um padre de Guimarães, pároco na Póvoa de Varzim, está a usar as redes sociais para transmitir mensagens de sensibilização sobre a pandemia da covid-19 e partilhar algumas das suas atuações como DJ de música eletrónica.


Guilherme Peixoto, responsável pelas paróquias das freguesias de Laúndos e Amorim, desenvolveu o gosto por este estilo musical há vários anos, partilhando-o na comunidade ao atuar como DJ num espaço da paróquia, mas, também, em vários eventos para qual é convidado.

Agora, com as regras de confinamento ditados pela propagação do coronavírus, decidiu, a partir de casa, mostrar alguns dos seus sets através da Internet, transmitindo-os nas redes social como forma de entretenimento para quem está a cumprir quarentena, mas também para complementar as suas mensagens de sensibilização de como lidar com pandemia.

“Comecei a fazer uns vídeos com as normas de prevenção, e apesar de não ser fácil mudar os hábitos, tiveram muitas visualizações e partilhas. Percebi que se mostrasse algumas destas brincadeiras como DJ podia ter ainda mais alcance na mensagem que queria transmitir e alertar para a gravidade da situação”, disse o sacerdote à Agência Lusa.

Guilherme Peixoto, de 45 anos, acredita que esta é uma forma de “apelar a que as pessoas fiquem em casa e assim protejam a sociedade”, usando um formato que pode ser “lúdico, mas ao mesmo tempo informativo”, onde inclusive partilha questões práticas relacionadas com a Igreja e também as atividades do seu dia à dia.

“Os vídeos têm tido milhares de visualizações, inclusive em outros países como Inglaterra e Brasil. Tenho até médicos amigos que nos comentários vão dando conselhos e alertando para toda esta situação. O importante é educar as pessoas, pois se fizesse um vídeo muito sério ninguém ia ver até ao fim”, disse o padre, que é natural de Guimarães.

Apesar de há mais de uma década ter este passatempo como DJ, nomeadamente num espaço da paróquia de Laúndos, apelidado de “Ar de Rock” que funciona no verão, Guilherme Peixoto garantiu que “nunca tinha feito vídeos a passar música ao vivo”, mas tem sentido que as redes sociais têm permitido “uma proximidade com a comunidade que nunca antes existiu”.

O sacerdote, que é também responsável pelas comunicações sociais do Arciprestado da Póvoa de Varzim e Vila do Conde, tem ajudado outras paróquias da região a usar estas plataformas digitais para transmitir a mensagem da igreja e divulgar as homilias.

“Muitos padres e paroquias não tem conhecimentos nem equipamentos para usar estas ferramentas, e tenho-os ensinado e ajudado a adaptarem-se. Além de conseguirmos divulgar as missas e o terço do Santuário de Fátima e do nosso Arcebispo D. Jorge Ortiga, fizemos uma parceira com um jornal local para todos os dias, numa diferente igreja do concelho, transmitir-nos a homilia e o evangelho”, descreveu Guilherme Peixoto.

O clérigo, que pode ser pesquisado na Internet como DJ Padre Guilherme, garantiu que continuará com esta atividade nas redes sociais, até porque acredita “que mesmo depois das coisas melhorarem as igrejas vão demorar a ser reabertas”.

“Provavelmente as igrejas serão dos últimos espaços a reabrirem. Não vamos passar de um estado de isolamento a ter as igrejas cheias de gente. Ainda assim, quando isto acabar acho que vamos todos conseguir comunicar melhor e, sobretudo, sermos mais solidários e preocupados com o próximo. E muita gente vai precisar de ser ajudada”, desabafou o sacerdote.

Enquanto isso, o padre Guilherme Peixoto continuará a informar e entreter comunidade com as suas atuações como DJ, que estão programadas para sexta-feira à noite e domingo à tarde.

Anúncio

Aqui Perto

Morreu jovem de Trofa atropelado em corrida ilegal

Óbito

em

Foto: DR

Hugo Ramos, vítima de atropelamento na madrugada do passado sábado durante uma corrida ilegal na Maia, morreu ao final da tarde deste domingo no Hospital de São João, no Porto, avançou a família através das redes sociais.

Apesar de alguns portais de informação terem noticiado que o jovem havia morrido no passado sábado, o mesmo encontrava-se ainda com assistência de vida, mas em estado de morte cerebral.

O jovem de 25 anos foi atropelado a alta velocidade dentro do túnel de Vilar da Luz, junto ao aeródromo local, sofrendo ferimentos muito graves.

Esta noite, os amigos do jovem estão a homenageá-lo no parque de estacionamento da praia do Aterro, em Leça da Palmeira.

Continuar a ler

Aqui Perto

Casas de turismo ‘hobbit’ na Galiza esgotaram durante o verão

Turismo

em

Foto: Pepa Losada / La Voz da Galicia

As casas hobbit de Viveiro, na Galiza, estiveram quase sempre lotadas durante este verão marcado pela pandemia de covid-19. 70% dos utentes eram galegos e os restantes vieram de outras regiões de Espanha.

“A ocupação superou em muito o que eu esperava, a verdade é que tiveram muita atração”, disse na quinta-feira a gerente do complexo turístico Mi Tesoro, localizado na freguesia de Galdo, e inspirado na emblemática saga escrita por J.R.R. Tolkien e adaptada ao cinema por Peter Jackson.

O projeto abriu portas no final de julho, com três pequenas casas com os nomes “Estrella de los Mares”, “Cueva de la Sirena” e “Faro del Norte”.

Nasce um hotel ‘hobbit’ na Galiza

Virgina Mateos, gestora do complexo, destacou as “dezenas de famílias” que passaram por aquelas casas semienterradas com cobertura de vegetação, bioclimáticas e perfeitamente integradas na paisagem local.

“Tivemos pessoas que carregam [o universo hobbit] bem a fundo, alguns até em tatuagens, e também tivemos pessoas que acharam os apartamentos curiosos, diferentes, isolados no meio da natureza, sobretudo por estarmos em tempos de isolamento”, explicou a empresária, em declarações ao jornal espanhol La Voz da Galícia.

Este complexo turístico oferece ainda passeios a cavalo, de caiaque, BTT e paddle surf.

Continuar a ler

Aqui Perto

Jovem da Trofa brutalmente atropelado a alta velocidade em corrida ilegal

Acidentes

em

Foto: DR

Um jovem residente na Trofa foi colhido durante esta madrugada durante uma corrida ilegal no túnel do aeródromo da Maia, sofrendo ferimentos muito graves.

A vítima, de S. Mamede de Coronado, estava a assistir às corridas quando foi colhido por um carro que seguia a alta velocidade, sendo projetado no ar ao longo de vários metros.

De acordo com o Correio da Manhã, a vítima foi transportada em estado crítico para o Hospital de São João, no Porto. pelos Bombeiros de Santo Tirso. O carro seguiria a 200 km/h, segundo a mesma fonte.

A GNR este no local e identificou o condutor envolvido no acidente.

(notícia atualizada às 14h36)

Continuar a ler

Populares