Seguir o O MINHO

Desporto

Paços de Ferreira e Santa Clara tentam fase de grupos da Liga Conferência

Futebol

em

Foto: Santa Clara

Paços de Ferreira e Santa Clara podem na quinta-feira dar um passo importante rumo à fase de grupos da primeira edição da Liga Conferência Europa de futebol, embora os ‘castores’ tenha uma missão bem mais complicada que os açorianos.

Na sua quinta ‘aventura’ europeia, no ‘play-off’, o Paços de Ferreira vai ter pela frente o ‘tubarão’ Tottenham, treinado pelo português Nuno Espírito Santo, enquanto o Santa Clara, apesar dos recentes problemas com a covid-19, parece ter mais possibilidades frente aos sérvios do Partizan Belgrado.

Os açorianos estão a viver pela primeira vez as provas europeias e até agora levam um registo totalmente vitorioso, embora perante adversários acessíveis, e o Paços de Ferreira espera repetir o feito de 2013/14, quando marcou presença da fase de grupos da Liga Europa.

Nessa campanha, dividida entre os técnicos Costinha e Henrique Calisto, os ‘castores’ não venceram qualquer encontro, mas alcançaram um surpreendente empate na receção à Fiorentina (0-0) e duas igualdades nos duelos com os romenos do Pandurii (1-1 e 0-0).

Contudo, desta vez, as hipóteses de o Paços de Ferreira voltar a uma fase de grupos parecem ser bem mais diminutas, tal a diferença entre o emblema português e o Tottenham, clube que, por exemplo, foi finalista da Liga dos Campeões em 2018/19.

Os londrinos, que, esta temporada, contam com Nuno Espírito Santo no comando, está a passar por uma fase ainda indefinida da época, devido à possível saída e até conflito com o avançado Harry Kane, a grande ‘estrela’ da equipa, mas logo no arranque da Premier League os ‘spurs’ bateram em casa o campeão Manchester City, por 1-0.

A equipa de Jorge Simão, que está a viver a sua segunda passagem pelo clube, recebe na primeira mão os ‘spurs’ na Mata Real e vai tentar alcançar um resultado que depois permita manter algumas esperanças para o segundo jogo, na difícil deslocação a Londres.

Na terceira pré-eliminatória, o quinto classificado da última edição da I Liga portuguesa deixou pelo caminho o Larne, da Irlanda do Norte, com um triunfo por 4-0 em casa e um desaire por 1-0 fora.

Mais equilibrada promete ser a eliminatória entre Santa Clara e Partizan Belgrado, embora os sérvios estejam a ter um excelente arranque de temporada, com vitórias nas quatro primeiras jornadas do campeonato local e com um registo de 14 golos marcados e apenas um sofrido.

Para chegar ao ‘play-off’, o vice-campeão sérvio ultrapassou o FC DAC, da Eslováquia, com um total de 3-0 nos dois jogos, e os russos do Sochi, numa eliminatória decidida nas grandes penalidades (4-2), após o 3-3 registado.

O Partizan conta com algumas figuras que passaram pelo futebol português, como avançado cabo-verdiano Ricardo Gomes (Vizela, Vitória de Guimarães e Nacional da Madeira), o extremo Lazar Markovic (Benfica e Sporting) e o veterano guarda-redes Vladimir Stojkovic (Sporting) e o defesa Aleksandar Milijkovic (Sporting de Braga).

Mesmo assim, o Santa Clara, que joga o primeiro jogo em São Miguel, parece ter argumentos para lutar pela eliminatória, apesar dos recentes problemas com a covid-19, com o aparecimento de casos positivos no plantel.

Em quatro jogos nas pré-eliminatória, a equipa de Daniel Ramos registou só triunfos e não sofreu qualquer golo, nos embates com o Shkupi, da Macedónia do Norte (5-0 no total), e com os eslovenos do Olimpija Ljubljana (3-0).

Populares